Qual o papel dos exercícios físicos no organismo?

Os exercícios físicos são constantemente alvos de recomendação por parte de profissionais da saúde, com o intuito de auxiliar na manutenção da saúde do organismo.

Qual o papel dos exercícios físicos no organismo
Com isso, naturalmente muitas pessoas acabam apostando na prática, e assim observam resultados cada vez mais interessantes no que diz respeito à saúde e estética.
No entanto, ainda temos uma boa parcela da população que não consegue compreender essa importância, e com isso acaba deixando a prática de lado.

Tendo essa situação em mente, o material de hoje foi pensado para evidenciar estes benefícios, a fim de convencer aqueles que ainda não fazem exercícios físicos, a começar a fazê-los.

Então, se você faz parte do grupo que precisa de um empurrãozinho para começar sua rotina de exercícios, não deixe de conferir o conteúdo a seguir!

Como os exercícios físicos podem interferir na saúde do indivíduo?

Há quem compreenda que os exercícios físicos têm interferência direta na parte estética do corpo, e com isso os realiza apenas com este intuito.

Esta percepção não está necessariamente errada, visto que estes realmente interferem na construção e manutenção de uma boa musculatura, sem interferência de gordura em excesso.

Mas, se pensássemos nos exercícios apenas com foco na estética, certamente acabaríamos dando-lhes uma função limitada, visto que um corpo esteticamente bonito depende da percepção de cada um, não sendo preciso estar magro e musculoso para isso.

O foco da questão é que os exercícios físicos têm papéis muito mais importantes do que este no organismo, visto que auxiliam em seu funcionamento, e interferem em muitos processos fisiológicos.

Um corpo em exercício é um corpo em movimento, que mantém seus processos metabólicos devidamente funcionais, o que auxilia na regulação e produção hormonal.

Com isso, indivíduos que praticam exercícios regularmente tendem a apresentar taxas hormonais reguladas, o que evita problemas com:

  • Diabetes;
  • Hipertensão;
  • Depressão/Ansiedade;
  • Problemas de tireoide;
  • Retenção de líquidos;
  • Acúmulo de massa adiposa (gordura);
  • Dentre tantos outros.

Mas, além destas questões, tais práticas também ajudam em outros pontos, especialmente nos físicos, uma vez que a prática de exercícios auxilia no fortalecimento de músculos, tendões, ligamentos, ossos e articulações.

Desse modo, é possível diminuir as preocupações com o aparecimento de osteoporoses, inflamações, desgastes, atrofias e dores.

Sendo assim, quem pretende viver uma vida mais saudável e com menos propensão a desconfortos e problemas de saúde, apostar nos exercícios físicos, juntamente com uma boa dieta, pode ser bastante eficiente.

Como montar uma rotina de exercícios adequada?

Como vimos no tópico anterior, os exercícios físicos podem auxiliar e muito na construção de uma vida saudável e livre de problemas geradores de desconforto corporal.

Mas, para que estes de fato sejam eficientes é muito importante que sejam devidamente elaborados e pensados, uma vez que fazê-los de qualquer jeito pode não ser eficiente, além de apresentar perigos ao condicionamento físico.

Por isso é muito importante seguir uma rotina de exercícios adequada, que deve ser elaborada com base em alguns itens fundamentais, que lhe apresentaremos nos tópicos a seguir.

Então, se deseja saber como montar uma rotina de exercícios segura e eficiente, não deixe de conferir.

Obs.: é sempre interessante buscar apoio profissional para a realização de exercícios, visto que assim se evita lesões e perda de eficiência na prática.

1. Preste atenção ao seu perfil e rotina

Você certamente já deve ter se deparado com um número grande de pessoas que definem os exercícios como onerosos e entediantes, o que as leva a não praticá-los.

Pode até ser que você faça parte desse grupo, e neste tópico vamos lhe ajudar a tirar essa ideia da cabeça.

Essa percepção sobre os exercícios é geralmente concebida logo após a prática de modalidades inadequadas para o perfil e rotina da pessoa.

Para que os exercícios sejam eficientes e prazerosos, estes devem ser especialmente pensados para o indivíduo, considerando aquilo que o mesmo sente mais afinidade ao praticar.

De nada adianta apostar em exercícios na academia, se você é uma pessoa que prefere algo mais dinâmico, como uma dança por exemplo.

Ou então, do que vale exigir que o seu corpo responda aos exercícios ao fim do dia, quando você já está cansado de tanto trabalhar?

Nessas ocasiões, perceba que é muito fácil que o tédio e o cansaço tomem conta, e assim a rotina de exercícios parece chata, e não costuma agradar ao indivíduo.

Por isso, ao montar uma rotina, pense no que realmente gosta de fazer, pois assim deixará de ser uma obrigação, passando a ser uma diversão ou prática prazerosa!

2. Conte com apoio profissional e estude sobre o tema

Muitos consideram essa dica irrelevante, e é exatamente aí que está o erro, que acaba estragando todo o processo de eficiência dos exercícios físicos.

Do que vale você fazer 100 flexões e 50 abdominais por dia, se você não compreende a finalidade desta prática?

Diferentemente do que muitos pensam, nem sempre o exercício abdominal vai auxiliar na perda de gordura na barriga, assim como a flexão pode não ser interessante ao ganho de força.

Tal avaliação depende de uma série de conhecimentos, que muitas vezes fazem parte do ensino superior.

No entanto, é possível aprender algumas coisas bem interessantes por meio de cursos online, que te darão uma boa noção sobre a fisiologia e eficiência dos exercícios.

Existem até mesmo cursos online com certificado, que contam com ainda mais eficiência de conteúdo, o que certamente pode te auxiliar.

Então, se busca por eficiência e uma prática transparente, apostar em conhecimento é um excelente caminho a se seguir.

3. Busque variar o estilo de exercícios

Não adianta você pensar que, porque hoje gosta de corrida, daqui 6 meses este ainda será o seu estilo de exercício preferido.

Nosso organismo se acostuma com os exercícios, de modo que além destes se tornarem entediantes depois de um tempo, também deixam de apresentar eficiência.

Por isso, é muito interessante buscar variar os exercícios, pois assim se garante a eficiência, sem que se perca o interesse pela movimentação corporal.

Estas foram as dicas para compreender e montar uma rotina de exercícios físicos adequada, então coloque-as em prática para tirar o seu corpo do sedentarismo e garantir sua saúde!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.