Saiba como funciona o vapor de água na indústria

Saiba como funciona o vapor de água na indústria

A serventia do vapor de água na indústria se varia bastante, sendo empregado tanto na produção de energia, pelo meio do superaquecimento do vapor que vem a mover turbinas para a alta pressão, quanto na anulação de utensílios hospitalares.

Ademais, permite o emprego em certos métodos alimentícios e em bebidas –  que eliminam os germes e desempenham outros papéis de grande importância.

Nesse artigo você vai conhecer como funciona o vapor de água na indústria, quais departamentos fazem uso desse recurso e as manutenções que precisam ser realizadas para que não precise parar com a produção por conta de acidentes.

Motivos de usar o vapor de água na indústria

O vapor de água na indústria é extensivamente utilizado, pois sua matéria prima tem um fácil acesso e um custo bastante acessível.

Utilizar o vapor de água na indústria não é ofensivo para a saúde, e nem ao meio ambiente, e proporciona um formato de condução de energia seguro e responsável.

Como consequência do calor que a água recebe dentro da caldeira quando alcança uma determinada temperatura, é produzido o vapor de água.

É preciso realizar a manutenção de caldeira periodicamente, para evitar acidentes que possam atrapalhar a produção nas indústrias.

Descubra alguns departamentos que fazem o uso do vapor de água na indústria

Dentro dos procedimentos que têm o manuseio do vapor como parte fundamental, carecemos de discorrer acerca de movimentação, esterilização e limpeza e aquecimento indireto e direto.

Aquecimento direto

No aquecimento direto o vapor de água na indústria tem contato físico com a matéria do produto que será aquecido.

Aquecimento disfarçado (indireto)

Dentro do aquecimento disfarçado, a operação de aumento de temperatura é intermediada a partir do comparecimento dos trocistas de calor.

Esse tipo de procedimento ocorre com muita frequência nas indústrias do ramo químico, alimentício e automotivo.

Movimentação

Recorrido como impulso motor, o vapor de água na indústria é o incubido por gerar energia (elétrica) e estimular compressores e bombas que entram em atividade por meio de turbinas.

É totalmente possível criar energia própria com valor de água na indústria. Dito isso, há uma redução de custos de produção e a concentração da criação energética possibilita a maior oportunidade econômica da planta, com lucratividades maiores – e gastos menores.

Indústria hospitalar

O uso de vapor de água na indústria de hospitais é muito comum e é utilizado em autoclaves que são responsáveis pela esterilização de materiais hospitalares.

Estes aparatos são aquecidos (dentro de um determinado intervalo de tempo) a altos níveis de temperaturas, (através do valor de água industrial). Os objetivos maiores destas práticas são esterilizar e desinfetar os utensílios, respectivamente.

Limpeza e esterilização

Satisfatoriamente útil em cozinhas (industriais ou não), hospitais e lavanderias, o vapor que tem a finalidade de esterilizar e limpar acaba por ter sua umidade absorvida pelos poros de materiais.

Isso culmina, finalmente, na coagulação dos organismos vivos de tamanhos microscópicos.

Vale salientar que as caldeiras de vapor de água devem ter os líquidos (água, normalmente) usados no processo totalmente limpos – ou seja, livres de contaminadores de qualquer natureza.

Uso do vapor de água em Frigorífico

O Abatedouro e a graxaria são as áreas mais significativas do frigorífico, e elas utilizam o vapor de água, que é gerado pelas caldeiras.

O vapor de água nos frigoríficos também é usado para efetuar a higienização do ambiente, tornando o local adequado para o trabalho.

Indústria de laticínios

Os laticínios detém a necessidade do calor e pressão para a fabricação e a fermentação de vários queijos.

O processo de esterilização, pasteurização e a limpeza do local e dos equipamentos, utilizam-se do vapor de água na indústria para serem realizados.

Madeireira

O que define a qualidade e o tempo de vida útil das peças em madeira depende da secagem.

O vapor de água nas indústrias é encarregado de fazer todo o procedimento de secagem da madeira dentro.

Indústria têxtil

As caldeiras de vapor de água na indústria são cruciais na área têxtil, no decorrer do processo de aquecimento da água para clarear, para coloração de tecidos e pela secagem das peças.

Além dessas situações, as caldeiras de vapor de água na indústria ainda podem ser utilizadas em vários outros setores, como: 

  • Metalúrgico, 
  • Petrolífero, 
  • Alimentício, 
  • Termelétrico – entre outros.

É importante lembrar que, para que as caldeiras de vapor de água na indústria mantenham sua produtividade e eficiência para a sua indústria e produção, o tratamento preventivo deve ser realizado periodicamente e a inspeção deve estar em dia e de acordo com as normas de segurança da NR 13.

Manutenção em caldeira de vapor de água na indústria

O enfoque preventivo das manutenções em caldeira são execuções de monitoramento, identificação e aplicação e desenvolvimento das tecnologias mais acertadas disponibilizadas nos procedimentos de geração de vapor d’água.

É feita análise de campo por meio de profissionais experientes e ferramentas adequadas, a fim de que seja realizado um raio-x da planta.

Além mais, questões mais críticas são fiscalizadas por entre análise técnica (dentro de laboratórios especialistas na administração dos indicativos de qualidade e eficácia) e visita especialista.

As caldeiras de vapor de água na indústria são equipamentos que geram energia e que funcionam por efeito de alta pressão, por isso são passíveis de falhas que, em casos mais sérios, podem ocasionar sérias explosões.

Deste modo, visando que se evite tais infortúnios, é imprescindível que se realize eficazmente a inspeção NR 13 (caldeiras a vapor d’água) na indústria .

O investimento em equipamentos de caldeiraria de qualidade geralmente são bem altos.

Priorizar a manutenção das caldeiras de vapor de água na indústria significará fazer valer o alto investimento, garantindo que o equipamento irá trabalhar perfeitamente bem durante a sua vida útil indicada pelo fabricante sem maiores problemas.

O que significa NR 13 e como ela funciona

A NR-13, admitida na Portaria de número 3.214 (Ministério do Trabalho e Emprego – 08 de junho de 1978), é uma regra fundamental para garantir uma boa manutenção das caldeiras e vasos de pressão.

As mínimas exigências e boas práticas são reguladas e determinadas pelas inspeções NR 13, que, de maneira límpida e esclarecida, definem as ações e critérios que precisam ser respeitados por parte das empresas.

Tais práticas objetivam dar o total gerenciamento das caldeiras a vapor de água e dos vasos de pressão na indústria.

Estas premissas estão ligadas diretamente aos critérios de instalações, inspeções, operações e, substancialmente, as manutenções das caldeiras de valor industriais, inclinando o olhar com alta sensibilidade à saúde e segurança dos colaboradores envolvidos.

Finalmente, a norma NR13 prevê bases que visam a segurança, além de um conjunto de modelos eficientes na manutenção das caldeiras.

Tudo isso é feito e implementado focando sempre em impedir o aumento de eventos ambientais tráficos, além de reincidência dos acidentes que causam traumas (ou morte) dos colaboradores.

Aproveite os benefícios do vapor de água na sua indústria e aumente seus lucros, bons negócios.