Saiba se vale a pena revender produtos personalizados

Chegar ao final do mês e ter aquele dinheiro guardado é uma sensação incrível, saber que conseguiu pagar todas as contas, estar com toda a dispensa cheia e olhar o saldo da conta bancária e ver que está sobrando dinheiro é o sonho de muitas pessoas. 

Entretanto, muitas delas ficam presas a pensamentos e culturas de que é impossível ganhar dinheiro e o pior aproveitar tudo que o dinheiro proporciona. 

Uma forma de conseguir ter mais dinheiro e conseguir pagar todas as contas e ainda sobrar para fazer o que quiser é conseguir ter uma renda extra. Você pode optar por trabalhar depois do trabalho. Pode parecer clichê, mas essa famosa frase no mundo digital é uma realidade.

Você possui um trabalho corriqueiro e após ele, você usa o tempo disponível para fazer sua renda extra. 

Fazendo uma renda extra

Esta prática é bem comum, e duas maneiras bem comuns de se ganhar dinheiro e garantir uma renda extra são: ser motorista de aplicativo de transporte de pessoas e comidas em geral. Atualmente as duas plataformas mais conhecidas são: Uber, que usa o serviços via telefone celular para levar pessoas de um ponto ao outro. E o segundo é o iFood, aplicativo de entregas de comidas. 

Assim, o motorista ou entregador cadastrado tem a possibilidade de garantir um dinheiro a mais ao final do mês. Porém, estes foram apenas dois exemplos práticos de como ganhar um dinheiro a mais. 

Se você quer ganhar dinheiro na internet, por exemplo, você pode fazer cursos gratuitos de edição de imagens e vídeo, conseguindo serviços que pagam para você editar imagens e vídeos. 

Entretanto, um dos setores que mais cresceram após os anos de pandemia, foi o setor de produtos personalizados. Este setor movimentou milhares de reais nos últimos dois anos. Espera-se que em 2022 e 2023 ele movimente ainda mais dinheiro.

O principal motivo é que com o distanciamento e isolamento impostos pelo vírus, as pessoas possuíam a necessidade de dar presentes mais personalizados e não produtos genéricos. Trazendo uma sensação de proximidade e intimidade de quem dava para quem recebia o presente. 

Fazendo assim, esse setor crescer de forma exponencial. Para o setor de produtos personalizados, temos basicamente duas formas de trabalhar. 

Iremos mostrar abaixo cada uma delas, acompanhe.

Produzir, personalizar e vender

A primeira e mais comum é produzir, personalizar e assim realizar a venda. Em outras palavras, ela funciona assim.

Você compra produtos base e sem personalização em lojas especializadas como por exemplo a Bríndice, onde você recebe os materiais e pode trabalhar com vários tipos de produtos e maneiras de deixá-los personalizados da forma que irá oferecê-lo ou do jeito que o cliente pediu.

Esta é uma maneira de conseguir um lucro maior, comprar a matéria prima por um preço menor e ainda conseguir precificar de uma forma mais pessoal, devido todos os processos terem sido feitos por você.

Esta forma de trabalho é a maneira mais comum que encontramos no mercado. Entretanto, trabalhar desta maneira pode ser muito oneroso e trabalhoso. O empresário que opta por esta forma de trabalho precisa ter um espaço físico, máquinas e equipamentos para personalizar os produtos que ele oferece. Isso pode encarecer todo o processo e tornar o produto cada vez mais caro e deixá-los acima dos valores praticados no mercado.

Assim, analise todos os processos, etapas, gastos e logística que você terá ao optar por esta maneira de trabalho. Apesar de ser mais lucrativa, ela é mais trabalhosa e necessita de mais espaço físico para realizá-la.

Outra forma de conseguir vender produtos personalizados e obter lucro é fazer a revenda dos mesmos. Basicamente, você compra o produto final já personalizado e efetua a venda. Muitas pessoas podem se perguntar se vale a pena revender produtos personalizados e a resposta iremos mostrar a seguir. 

Revender produtos personalizados

Realizar a revenda de produtos personalizados é uma maneira de conseguir obter lucro colocando valores acima do que a pessoa comprou. Em outras palavras, o interessado em realizar essa prática deve procurar o menor preço possível do produto que quer vender, visando, qualidade e bons produtos. E assim, colocar uma margem de preço e conseguir obter lucro.

Esta prática vem crescendo a cada dia e está se tornando cada vez mais comum encontrarmos revendedores de produtos personalizados. E ao contrário do que muitas pessoas pensam, esta é uma forma muito rentável e vale a pena fazer tal revenda na maioria das vezes.

Entretanto, é importante saber escolher, negociar, comprar e revender os produtos. Realizar compras e revenda sem antes ter definido algumas técnicas e estratégias na maioria das vezes é prejuizo na certa. Assim, faça as contas, veja quais produtos mais são comercializados, veja quais são os produtos que dão maior margem para negociação.

Prefira os produtos sazonais, como por exemplo, produtos de times, seleções, quando estiver em períodos de grandes campeonatos. Produtos de datas comemorativas, como dia das mães, dia dos namorados, Natal, páscoa entre outras datas importantes.

você pode gostar também

Este site usa cookies para melhorar sua experiência, você pode optar por não participar, se desejar. AceitarLeia mais