Como superar uma traição?

Sofrer uma traição por parte do parceiro é uma das coisas mais dolorosas que uma pessoa pode sofrer. Enquanto tudo acontece no campo da possibilidade e das incertezas, ainda existe uma esperança, mas quando se tem a certeza, principalmente depois de uma investigação conjugal, aí não há como negar. 

Traição

Junto com a afirmativa de traição vem ainda mais sofrimento e dor. Muitas vezes o traído se sente culpado pelo ocorrido e sofre ainda mais.

Infelizmente a traição não é capaz de apagar o amor que se sente, de uma hora para outra, por isso muitas pessoas ficam na dúvida se continuam a relação e perdoam, ou se acabam com tudo.

Mas será que dá para superar e perdoar uma traição? Ou o melhor é cada viver a vida separados? Confira algumas de nossas dicas para te ajudar a passar por um momento como esse.

Será que ele (a) realmente se arrependeu?


Além da decepção e da mágoa trazidas pela traição, a falta de confiança é um dos maiores fatores que impedem muitas reconciliações ou perdões. Porém, como saber se ele (a) se arrependeu?

Sabemos que não é uma tarefa fácil descobrir se alguém de fato se arrependeu, mas o que nos parece óbvio, é que quem se arrependeu de verdade, não comete o mesmo erro novamente.

Quando alguém se arrepende, ela sabe que causou dor e sofrimento a outra pessoa. Por isso, ela também sofre e deseja não mais repetir aquele gesto ou comportamento.

Porém, em alguns casos, esse arrependimento não é genuíno, é apenas uma tentativa de despistar o que de fato ocorreu ou ainda ocorre. Por exemplo, inúmeros presentes caros e inesperados, fora de uma data comemorativa ou representativa.

Outro comportamento seria a vontade repentina de estar sempre em casa, com várias recusas a convites de saída.

Porém, não dá pra ficar no mundo dos sinais e dos “achismos”, é necessário ter certeza do que estar ocorrendo. Por isso, é preciso ter muita calma e frieza para perceber se realmente ele não se arrependeu ou se é apenas uma paranoia de sua cabeça. 

Para isso, a ajuda de um profissional, como o detetive particular em São Paulo, é muito importante, pois ele terá um olhar de fora da relação e sem envolvimento emocional.

Como saber se ele (ela) mudou?


Como já foi dito, quem se arrepende verdadeiramente, não volta a cometer os mesmos erros. Portanto, se seu parceiro continua com os mesmos hábitos e a mesma rotina da época da traição, isso pode significar que nada realmente mudou. Mas cuidado para que essa desconfiança não sufoque ainda mais seu parceiro.

Lembre-se, que quem traiu deverá dar pequenos sinais, de forma espontânea, que mudou. Não deve ser um comportamento forçado, feito para convencer. A mudança deve ocorrer de forma bem natural.

Mesmo com a dor da traição eu ainda amo ele (a)


Se você o ama e deseja continuar a relação, tenha um diálogo franco e esclareça todos os motivos que o levaram a te trair. É melhor suportar a dor dos fatos reais e assim tentar melhorar o que não está legal.

Não ligue para a opinião dos outros, o que importa é o que você sente e deseja para sua vida.

O maior segredo para perdoar genuinamente uma traição é aceitar o arrependimento da outra pessoa e assim deixar os sentimentos negativos de lado. É preciso enxergar as coisas positivas e resgatar todos os momentos felizes e agradáveis que viveram juntos.

Mas se você realmente deseja perdoar seu companheiro, assim o faça, e passe uma borracha nessa história, não fique voltando nesse assunto em qualquer briga. É preciso perdoar de verdade.

Cuidado para não deixar que a insegurança tire a sua paz. Geralmente, ao ser traído e continuar na relação, a pessoa acaba sufocando o parceiro por medo de que ocorra tudo de novo. Ambos devem se comprometer a ter de novo uma relação transparente e tranquila.

Mas por mais que você o ame, se você sente que não poderá conviver com o fantasma da triação, infelizmente o melhor a se fazer é cada um seguir seu caminho. Pois, sem paz e tranquilidade nenhum dos dois será feliz.

Se você está assando por um momento assim e necessita de ajuda para uma investigação conjugal, entre contato conosco que lhe ajudaremos a esclarecer de vez todas as suas dúvidas.

Fonte: Detetive Silvio
Postagem Anterior Próxima Postagem