vantagens de participar da CIPA da sua empresa

4 vantagens de participar da CIPA da sua empresa!

A CIPA é uma comissão importante das empresas e pode ser benéfica para aqueles que fazem parte dela

Investir em retenção de talentos é essencial dentro das empresas e muitas são as ações criadas pelas organizações para que o colaborador se sinta ainda mais parte do ambiente de trabalho.

Algumas dessas ações que engajam colaboradores com a organização é a CIPA – ainda que ela seja obrigatória em empresas com mais de 20 colaboradores CLT, ela não é uma obrigação do trabalhador e sua participação voluntária é importante para o negócio.

Você sabe o que é a CIPA e quais vantagens de fazer parte dessa ação? Confira!

O que é a CIPA?

Segundo dados do Ministério Público do Trabalho e da Organização Internacional do Trabalho, os acidentes de trabalho matam uma pessoa a cada 4 horas e meia no Brasil e muitos são os impactos para empregador e sociedade no geral quando isso acontece.

É preciso investir em segurança e proporcionar ambientes saudáveis para que as pessoas possam entregar o melhor de seus trabalhos.

Uma das ações importantes para prevenir acidentes de trabalho e olhar para o colaborador é a CIPA, a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes, estabelecida entre representantes dos empregados e empregadores.

O seu objetivo é “prevenir acidentes e doenças decorrentes do trabalho, de modo a tornar compatível permanentemente o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador”.

Toda organização com mais de 20 funcionários CLT deve ter CIPA sejam empresas públicas, privadas, sociedades de economia mista, instituições beneficentes, cooperativas ou associações recreativas.

Havendo menos de 20 colaboradores, a empresa deve eleger um membro para exercer as funções da mencionada comissão interna.

É obrigatório participar da CIPA?

Nenhum colaborador é obrigado a participar da CIPA e seus membros são eleitos por votação dentro do negócio.

A CIPA é formada por titulares e suplentes representantes do empregador escolhidos por eles, e representantes dos empregados eleitos em votação secreta. Essa eleição envolve apenas os funcionários interessados, e seus participantes não precisam ser filiados aos sindicatos para participarem do evento.

Por que participar da CIPA?

A participação na CIPA é feita de forma voluntária, mas ela pode dar algumas vantagens para o colaborador. Listamos 4 benefícios de participar dessa importante comissão na organização.

1. Quem participa da CIPA tem estabilidade

Um dos pontos mais falados pelos colaboradores sobre a CIPA é a estabilidade que ela garante na organização.

Participar do órgão interno garante ao membro uma estabilidade provisória dentro do emprego desde o momento da eleição até o fim do mandato, com um ano de extensão após o seu fim.

Ou seja, nesse período, o colaborador não pode ser demitido de seu cargo e, mesmo que ele abdique do cargo dentro da CIPA durante o período do mandato, essa estabilidade continua vigente.

Vale dizer que o colaborador pode ainda ser demitido por justa causa se ferir alguma das diretrizes da CLT quanto a esse tipo de demissão.

2. É vedada a transferência do colaborador

Além da estabilidade trabalhista, a atribuição de um cargo na CIPA garante ao trabalhador a vedação à transferência sem anuência.

Isto significa que os membros da CIPA têm direito de não serem transferidos caso não concordem com a transferência. Isso pode servir tanto para a transferência dentro de setores da empresa quanto para outra localidade geográfica.

3. O colaborador participa de treinamentos

A Norma Regulamentadora da CIPA determina que o gestor deverá promover treinamento para os membros da CIPA, titulares e suplentes antes que ocorra a posse.

Assim, nenhum colaborador entrará sem saber de fato o que fazer e o treinamento é necessário para que os componentes do órgão interno possam desempenhar suas funções de maneira correta e com base nos princípios legais.

4. É uma forma de aprendizado

Ao participar da CIPA, o colaborador tem contato com pessoas, ações e processos que antes não tinha e isso pode ser um grande aprendizado para sua função.

Imagine que um funcionário administrativo passa a fazer parte da comissão em uma grande empresa? Com seus treinamentos e trocas com os companheiros de CIPA, é possível que ele tenha visão sobre outros setores da indústria e ganhe diversos aprendizados sobre a empresa e mercado em geral, certo?

Participar da CIPA pode ser um bom negócio para o colaborador e, mais do que um mandato, é possível tentar uma reeleição caso ela faça sentido para você.

Você conhece a CIPA da sua empresa? Já pensou em se candidatar? Pense nas vantagens e fique de olho nas próximas eleições!