Mutantes

Mutantes – Veja como a Marvel os classifica em classes nas suas HQs

A Marvel em suas histórias em quadrinhos atribui aos mutantes uma tabela de classificação que se baseia no seu tipo de poder e habilidade. Nessa classificação existem 6 classes e têm seus nomes baseados no alfabeto grego: Ômega, Alfa, Beta, Gama, Delta e Épsilon. 

Mas esse sistema de classificação também é mutável e pode sofrer alterações, sendo possível para o mutante “subir” nessa tabela, como por exemplo em casos dele dominar melhor o seu dom ou desenvolver algum outro tipo de mutação. Além disso, a Marvel pode modificar o atributo que se enquadra em cada classe, portanto não tenha o guia abaixo como base definitiva.

Agora vamos conhecer melhor as 6 classes:

Épsilon

Os mutantes possuem um vasto universo, e por conta disso nem sempre veremos mutações que tenham uma utilidade ou importância relevante, sendo esse tipo de mutante classificado como nível Épsilon.

Geralmente o mutante nessa classe possui algum dom que não traz um ganho ofensivo ou defensivo, além de possuírem uma alteração grotesca em suas aparências, não os deixando se passarem por humanos normais na sociedade. 

Em sua maioria eles se escondem da vivência com os humanos, como os que vemos no grupo conhecido como Morlocks, e estima-se que a maioria dos mutantes se classifiquem nessa classe, devido ao processo de mutação ser sempre imprevisível. 

Um bom exemplo desse tipo mutante é Bico, que possui atributos físicos de pássaro, como pena, bico e asa, mas não consegue voar pela mesma ser atrofiada.

Outros mutantes que podemos destacar nessa classe são John Feio, Meme e Derme.

Delta

Aqui já temos uma classe de mutantes que podem se passar por humanos e viver na sociedade sem serem confundidos com mutantes por conta da sua aparência física. Para os Deltas a mutação lhes dá um dom que aumenta alguma característica humana, como a inteligência, por exemplo.

Eles não possuem características que lhe dão “super poderes” e, através de treinamentos, podem utilizar dessa habilidade para ajudar em alguma batalha, servindo como um “ajudante” de outros mutantes.

Alguns mutantes que podemos destacar nessa classe são: Cifra, Forge e Dr. Nêmesis.

Gama

Aqui começamos a entrar nas classes que possuem poderes que são aproveitados em batalhas tanto na parte defensiva quanto ofensiva. Os mutantes de classe Gama possuem poderes tão eficientes quanto os da classe Alfa ou Beta, mas o que os difere principalmente é a sua aparência física, que os fazem não serem confundidos com os humanos.

Não tendo sua aparência física ligada diretamente ao seus dons, como por exemplo o Noturno que possui uma pelagem azul e seu dom principal é o teleporte, eles representam uma boa parte dos X-Men e também uma parcela considerável dos mutantes no mundo, sendo geralmente os que os humanos mais temem.

Outros mutantes que podemos destacar nessa classe são: Fera, Dentes-de Sabre e Blob.

Beta

Sendo uma classe de mutantes muito parecida com os Gama, eles se diferem principalmente por sua aparência física, que possui alterações menores e geralmente restritas a pequenos detalhes que podem até passar despercebidos pelos humanos. Além disso, eles não possuem controle total de seus poderes.

Um exemplo de mutante Beta é o Wolverine, que não possui grandes alterações físicas perceptíveis, mas não consegue controlar o seu fator de cura. Quando ferido ele consegue sempre se regenerar rapidamente, fazendo com que ele acabe “perdendo” seu disfarce aos olhos humanos.

Outros mutantes que podemos destacar nessa classe são: Namor, Gambit e Vampira.

Alfa

Quando falamos na hierarquia de poderes, os mutantes Alfa estão no mesmo nível dos mutantes classe Beta ou Gama, mas eles possuem a fama de dominar melhor suas habilidades, além de se disfarçarem normalmente entre os humanos.

Peguemos como exemplo o Cíclope, que pode ser confundido com um mutante Beta. Ele precisa utilizar-se de lentes especiais para controlar suas rajadas ópticas, mas essa necessidade decorre de um grave acidente na infância, onde houve danos permanentes no cérebro e isso o fez perder o controle natural do seu poder.

Magia e Jubileu também são bons exemplos de mutantes Alfa, pois conseguem controlar suas habilidades.

Outros mutantes que podemos destacar nessa classe são: Professor X, Emma Frost e Destrutor.

Ômega

Para um mutante ser classificado como Ômega ele deve ser o mais poderoso ao que diz respeito a aquele poder específico. Ficou confuso? Vamos exemplificar.

Jean Grey é a telepata mais poderosa do mundo, Magneto é o que melhor tem controle sobre os campos magnéticos e o Homem de Gelo é o que melhor lida com o frio extremo. Assim com certeza ficou melhor para entender.

É importante salientarmos também que um mutante Ômega pode evoluir de qualquer outra classe, principalmente da Alfa e Beta.

Outros mutantes que podemos destacar nessa classe são: Tempestade, Legião e Hope Summers.