Qual o melhor plano de saúde individual?

Ter um plano de saúde é poder contar com um apoio médico de qualidade quando mais precisar. Seja quando estiver doente, em situação de emergência ou apenas no acompanhamento médico de rotina, os convênios representam grandes aliados na manutenção da nossa qualidade de vida.

Por esse motivo, a procura por planos de saúde está sempre crescendo, ainda mais após uma pandemia que nos mostrou como somos vulneráveis e a saúde deve ser a nossa prioridade sempre.

Surgiram também, opções de planos de saúde mais acessíveis, os quais cabem no orçamento de grande parte dos brasileiros, o que aumentou o número de beneficiários no país.

Hoje em dia, quando alguém quer contratar convênios médicos, se deparam com algumas alternativas, como os planos empresariais, os por coparticipação, por adesão e os planos de saúde individuais.

Essa última opção, os individuais, estão se popularizando por oferecer diversos benefícios aos contratantes, como o custo-benefício que é ótimo. Mas, afinal, o que é esse convênio médico? Como ele funciona?

Podemos te garantir que é muito mais simples e vantajoso do que você imagina. Os planos de saúde individuais são excelentes alternativas para pessoas físicas que querem contratá-los diretamente com as operadoras de saúde.

A seguir, para ajudar quem está à procura de um plano de saúde individual, explicaremos como eles funcionam, uma faixa de preços baseada no mercado atualmente e como escolher o ideal para suas necessidades.

Qual é o melhor plano de mercado atualmente? Isso é você quem vai dizer! Acompanhe para saber tudo que precisa sobre esses planos antes de tomar a decisão de qual contratar.  

Planos de saúde individuais: como eles funcionam? Quais os benefícios?

Primeiramente, vamos entender o que é um plano de saúde individual.  Basicamente, como o nome indica, esse plano permite que pessoas físicas contratem o convênio diretamente com as operadoras de planos de saúde privados.

Isto é, sem precisar necessariamente colocar mais membros da família, depender de uma empresa que ofereça este benefício, participar de algum sindicato ou qualquer outro meio de contratação.

Basta entrar em contato com a operadora e contratar, simples assim! Ou seja, nessa modalidade, os convênios médicos e hospitalares com todas as coberturas normalmente, podem ser contratados com o CPF de cada pessoa.

Diferentemente do plano de saúde empresarial, por exemplo, em que é requerido o CNPJ para a abertura do contrato e os beneficiários são os colaboradores da organização.

Esse modelo de plano funciona normalmente como os outros, têm acesso aos mesmos procedimentos e, dependendo da operadora de saúde, é possível adicionar até mesmo alguns dependentes, como filhos, esposa e marido. 

Além da facilidade de contratação, outra grande vantagem dos planos de saúde individuais é o custo-benefício. Existem diversas opções acessíveis deles no mercado, assim como algumas mais caras – como veremos a seguir.

Outro fato interessante sobre esses convênios médicos é que em 2021, por exemplo, eles tiverem reajuste negativo. Ou seja, ficaram ainda mais baratos, diferentemente da maioria dos outros modelos de planos de saúde. 

Sabemos que estamos no final do ano, já em dezembro, porém, quem sabe ainda não dá tempo de contratá-los por um valor mais barato? Vale a pena conferir com corretores ou as operadoras de saúde. 

Quanto custa um convênio médico individual?

Os valores dos planos de saúde individuais variam bastante, então, se o menor preço for a sua prioridade, vale a pena pesquisar bastante todas as opções, das mais diversas operadoras de saúde. 

A média de preço de um plano de saúde individual sempre oscila dependendo de e diversos fatores, como qual a operadora do convênio médico (SulAmerica, Amil, NotreDame, SLAM, entre outras).

Além disso, a área de cobertura do plano (regional, estadual ou nacional) também influencia, assim como o  tipo do convênio e a rede credenciada disponível (hospitais e profissionais que atendem o plano).

É claro que se há ou não coparticipação influencia no valor e o tipo de acomodação em caso de internação (quarto privativo ou enfermaria) também. Um dos fatores que mais influenciam é a faixa etária do usuário.

Os preços costumam variar entre R$ 170,00 para planos mais básicos na primeira faixa etária de pessoas entre 0 e 18 anos, ou até mesmo, planos completos para pessoas com mais de 59 anos que custam mais de R$5 mil. 

Ou seja, depende muito! Quando dissemos que somente você poderia falar qual o melhor plano individual é porque cada pessoa tem suas prioridades e necessidades. Não há motivo para contratar um convênio com cobertura internacional, se você não pretende sair do país nos próximos anos.

Da mesma forma que se a mulher não pretende ter filhos, ela pode optar por não ter a cobertura gestacional no convênio, o que o torna mais barato. Então, para decidir qual o melhor convênio para você, é importante analisar suas preferências, recursos e necessidades.

As operadoras que oferecem os melhores planos de saúde individuais são a SulAmérica, SLAM, AMIL, Intermédica, dentre outras. Cada uma com suas vantagens.

Vale a pena pesquisar as opções de cada uma delas e entender qual a mais indicada para você.

você pode gostar também

Este site usa cookies para melhorar sua experiência, você pode optar por não participar, se desejar. AceitarLeia mais