Tipos de vasos para plantas ornamentais

Os vasos desempenham um papel significativo em fornecer um ambiente nutritivo para o crescimento das plantas. Além de refrescar o visual do ambiente, oferece grande funcionalidade em termos de uso e facilidade de manutenção.

Eles são portáteis e podem ser mantidos em qualquer lugar para adicionar valor estético e verde à sua casa.

Os vasos para plantas ornamentais, por exemplo, estão disponíveis em uma ampla variedade de formas, tamanhos, materiais e cores.

É importante estar atento aos diferentes tipos para que possa fazer a escolha certa ao selecionar o vaso que mais se adequa às necessidades da sua planta.

Por isso, iremos tirar todas as suas dúvidas neste artigo sobre os vasos para plantas ornamentais. Continue a leitura! 

O que são plantas ornamentais?

 Antes de falar sobre vasos para plantas ornamentais, vamos começar explicando porque elas são chamadas assim. As plantas crescem em todo o mundo em diferentes tamanhos, formas e aparência.

Alguns nos fornecem comida, abrigo ou materiais de construção, enquanto outros nos proporcionam apenas deleite visual.

As plantas ornamentais também são conhecidas como plantas de jardim, tendo a beleza como sua principal característica.

Geralmente são cultivadas com propósito estético para deixar ainda mais bonito o ambiente em que estão. As características ornamentais comuns incluem folhas, aroma, fruta, caule e casca.

Veja alguns exemplos de plantas ornamentais:

  • Ráfia;
  • Samambaia;
  • Suculentas;
  • Espada de São Jorge Anã;
  • Orquídeas;
  • Manjericão;
  • Pimenteira;
  • Areca bambu;
  • Alecrim;
  • Jasmim;
  • Bromélia.

Mas para que elas sejam bem cultivadas, é necessário que elas estejam em um recipiente adequado e é aí que está a importância dos vasos para plantas ornamentais.

Eles devem contar com espaço suficiente para suportar o crescimento das plantas durante toda a temporada, além de um orifício para receber e drenar a água.

E existem vários tipos de vasos para plantas ornamentais e vamos falar sobre eles a seguir. 

Vasos para plantas ornamentais: quais os tipos? 

Vasos para plantas ornamentais

De autoirrigáveis a feitos de plástico, os vasos para plantas ornamentais devem oferecer praticidade na hora dos cuidados básicos.

Além disso, são importantes para que essas plantas possam crescer de maneira saudável, contribuindo para trazer ainda mais beleza para o ambiente. 

Existem diversos tipos de vasos. Veja os mais comuns!  

Vaso de plástico

Esse tipo de vaso para plantas ornamentais conta com versatilidade, leveza, durabilidade e são acessíveis. Alguns têm acabamentos realistas que imitam terracota, concreto ou pedra, e alguns têm aros enrolados para dar a ilusão de espessura.

Os que são feitos de polipropileno não desbotam ou racham rapidamente, e alguns também oferecem um bom isolamento.

Um bônus do plástico é que ele não precisa ser regado com a mesma frequência que a argila. Os potes de plástico de cor escura absorvem mais calor do que os de cor clara.

Eles são uma opção atraente para jardinagem interna e externa. Sem a necessidade de muita manutenção, oferece grande praticidade.

Vasos autoirrigáveis

Normalmente feitos de plástico, são vasos para plantas ornamentais com um reservatório na base, que contém água para uso posterior.

Frequentemente, você pode até regar diretamente no reservatório. Esses designs economizam muito tempo e podem ser encontrados em diversos tamanhos, formas e cores, proporcionando uma decoração excelente para o ambiente. 

Vaso de argila

Vasos de barro estão prontamente disponíveis, bons para o cultivo de plantas e atraentes. No entanto, eles podem ser caros e pesados ​​em tamanhos grandes, quebráveis ​​se deixados cair e muitos estão sujeitos a rachaduras em temperaturas de congelamento.

Como a argila é porosa, ela permite uma boa troca de ar, mas seu pote de argila vai secar mais rapidamente do que outros tipos.

Ele também absorve o calor muito bem – uma vantagem no início da primavera, mas não tão grande no meio do verão em climas quentes.

Vaso de cerâmica esmaltada

Estes são os vasos mais coloridos, variando de tons de terra sutis a vidrados alegres e vibrantes. A maioria desses potes está menos sujeita a danos por congelamento, então eles são um bom investimento.

Como muitos desses potes são importados da Ásia, verifique com o varejista sobre sua capacidade de resistir ao frio. Eles são pesados ​​e moderadamente caros em tamanhos maiores. Eles vão quebrar ou lascar se cair.

Vaso de fibra de vidro

Esses contêineres de estilo clássico, duráveis ​​e leves alcançam preços altos. As plantas crescem bem neles. Por serem mais caros, esses vasos são mais difíceis de encontrar e você provavelmente terá menos escolha de tamanho e estilo.

A desvantagem é que a fibra de vidro pode ser quebradiça e pode rachar se cair, nem é um bom isolante de calor ou frio. Alguns são feitos para se parecerem com pedra, madeira ou outros materiais e podem ser bastante ornamentais em um local proeminente.

Vaso de concreto

Atraentes, duráveis ​​e acessíveis, potes de concreto podem ser encontrados à venda nas lojas locais que os fabricam, bem como em formas altamente estilizadas nas lojas mais modernas. Eles são bons para o crescimento das plantas.

Eles podem ser caros em tamanhos grandes e certamente são pesados, o que os torna um desafio para trazer para casa ou mover no jardim. Por serem concretos, considere-os permanentes.

Vasos de espuma

Esses potes estão prontamente disponíveis e acessíveis em uma variedade de estilos. Eles são bons para o crescimento das plantas, especialmente onde o isolamento protege as raízes do calor e do frio, e são muito leves. Devido à resistência limitada do material, geralmente são encontrados em tamanhos menores.

Vasos de metal

Baldes de metal galvanizado, potes de latão ou cobre e outros recipientes feitos de metal podem ser muito decorativos.

Frequentemente, você pode fazer um bom recipiente com latas de metal ou baldes galvanizados fazendo furos de drenagem no fundo. Geralmente, quanto mais espesso o metal, mais tempo eles duram.

Você também pode plantar em revestimentos plásticos para inserir nesses vasos. Os revestimentos plásticos também ajudam a isolar as raízes da transferência de calor e frio extremos, uma das desvantagens do metal.

Mas lembre-se: não importa os tipos de vasos para plantas ornamentais que você escolher para cultivá-las, não se esqueça de enchê-los com uma mistura de envasamento de qualidade. 

Como decorar a casa com vasos para plantas ornamentais? 

Como decorar a casa com vasos para plantas ornamentais

Se você não sabe como organizar os vasos para plantas ornamentais na sua casa, basta agrupá-las em formas diferentes em determinados espaços.

Por exemplo, em cantos de sala, coloque plantas mais altas. Mas você também pode usar suportes de plantas de altura variável para sustentar plantas menores.

Combine plantas diferentes, Samambaias, Espada de São Jorge e suculentas, para criar uma atmosfera de selva exuberante.

E lembre-se de utilizar vasos complementares em uma variedade de materiais e cores, para dar ao seu conjunto de plantas uma aparência organizada.

A melhor parte: pense nos vasos para plantas ornamentais e nas próprias plantas como uma decoração de ambiente, não como apenas um complemento qualquer. Quanto mais diversas suas plantas e vasos, mais eles irão adicionar ao clima geral do seu espaço!

você pode gostar também

Este site usa cookies para melhorar sua experiência, você pode optar por não participar, se desejar. AceitarLeia mais