Curtiu Round 6? Conheça mais 5 ótimas séries coreanas disponíveis na Netflix

Round 6, série coreana que vem conquistando o público e já é a mais vista na história da Netflix, nos trouxe uma história sinistra explorando alguns temas sociais como capitalismo e as diferenças de classe, sendo tão bem roteirizada que leva ao público uma reflexão realista sobre a ganância e o que um ser humano pode ser capaz de fazer por dinheiro.

Na trama acompanhamos o personagem Seong Gi-hun, com seu vício em jogos que, para melhorar sua situação financeira e pagar suas dívidas, aceita participar de alguns jogos infantis, no melhor estilo jogos mortais, ao lado de mais 455 participantes que se encontram em situação tão desesperada quanto a dele.

Essa série voltou os olhares do público novamente para o cenário das produções sul-coreanas, assim como já havia feito com filmes como Invasão Zumbi (2016) e o vencedor do Oscar de melhor filme Parasita (2019).

Por isso trouxemos aqui uma lista com outras 5 séries sul-coreanas disponíveis na plataforma vermelhinha de streaming, mostrando que o sucesso de Round 6 não foi por acaso.

Gênero: Drama

Com 70 anos e aposentado, Sim Deok-chool sempre teve o sonho de aprender balé, mas os empecilhos da vida sempre o fizeram deixar a dança de lado – até hoje. Mesmo sem o apoio familiar ele matriculou-se numa escola de balé e lá conheceu Lee Chae-rok, de 23 anos.

O jovem, que viu seu pai se afastar por conta do seu grande amor pelo balé, possui muito talento nessa dança e já estava pensando em desistir quando conheceu Deok-chool, que se tornou seu treinador.

A série aborda muito bem a questão humana, como o fato de nunca ser tarde demais para fazermos o que amamos.

Extracurricular

Gênero: Policial

A história acompanha Oh Ji Soo, um aluno exemplar, muito calado e de poucos amigos. Mesmo ainda sendo adolescente ele já mora longe dos pais e precisou arranjar trabalho para poder se sustentar e cursar uma faculdade, na intenção de ter uma estabilidade no futuro.

Trabalhando em segredo como guarda-costa de prostitutas, sua colega de classe Bae Gyu-ri, que é rica, acaba descobrindo e assim o chantageando para que a deixe entrar nesse negócio, fazendo com que sua situação econômica piore.

Com foco principal nos dramas de desenvolvimento dos personagens, a série Extracurricular se assemelha aos dramas de divisões entre classes e a ganância das pessoas vistos em Round 6.

Holo, meu amor

Gênero: Ficção científica

Aqui nessa história acompanhamos Han So-Yeon, jovem que possui um distúrbio que causa cegueira facial, impossibilitando que a mesma enxergue o rosto das pessoas. Esse distúrbio faz a personagem querer se afastar do convívio com as pessoas, até que ela encontra um óculos que aparenta ser normal, mas que concede a ela acesso a uma inteligência artificial chamada A.I. Holo.

A partir dessa descoberta, So-yeon se apega emocionalmente a Holo e se inscreve como “beta tester” dessa tecnologia, em paralelo que percebemos que Holo também está criando sentimentos por ela e descobrindo que existem limitações para uma inteligência artificial.

Nos apresentando uma ideia de futuro bem próxima, a série apresenta uma grande crítica a tecnologia e a forma como a consumimos, inclusive ficando dependentes.

Tudo Bem Não ser Normal

Gênero: Comédia romântica

Drama romântico sul-coreano mais assistido na plataforma em 2020, essa série nos apresenta Moon Gangtae, enfermeiro e irmão de um autista, trabalha em um hospital na ala psiquiátrica e Ko Moonyoung, uma autora de livros infantis que sofre de transtorno de personalidade anti-social que acaba se apaixonando por Moon.

A série nos traz à tona a discussão sobre saúde mental e transtorno mental de uma maneira bem acessível, inclusive com as abordagens sobre o espectro autista sendo muito elogiadas por conta de serem precisas e respeitosas. Além disso, podemos elogiar também as atuações, figurinos e cenografias da série.

Sweet Home

Gênero: Fantasia

Essa série nos traz um drama coreano que aborda o tema de sobrevivência em um mundo pós-apocalíptico com muito sangue e reviravolta. Tendo como base o webtoon de mesmo nome, Sweet Home apresenta um mundo onde alguns sobreviventes se reúnem para combater pessoas que foram infectadas e viraram monstros.

Após perder a família tragicamente num acidente de carro, o jovem Cha Hyun-soo se muda para um apartamento e, quando percebe que as pessoas ao redor começam a virar monstros e atacar, ele e seus vizinhos precisam confiar uns aos outros para se protegerem dos infectados.

Imagem Por Moses kidwiz – Trabalho próprio pelo carregador, CC BY-SA 4.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=111694678

Curtiu Round 6? Conheça mais 5 ótimas séries coreanas disponíveis na Netflix