Sistema Hidráulico Residencial, 4 Cuidados Essenciais

O sistema hidráulico residencial é uma parte de suma importância em qualquer lar, afinal de contas, ele é responsável pelo abastecimento, distribuição e escoamento de água em toda a casa.

Sendo assim, para evitar problemas e maiores transtornos, é de suma importância que você (e quem mais morar com você), tenha certos cuidados no dia a dia para que este sistema siga funcionando bem.

Quer saber quais são esses cuidados? Então continue acompanhando o artigo!

Cuidados essenciais com o sistema hidráulico residencial

1. Manutenção

É natural que, com o passar do tempo, o sistema hidráulico residencial (e outras áreas da casa também), precisem de uma manutenção.

Isso porque, devido ao uso diário, desgastes, falhas, entre outros problemas podem acontecer. 

Além disso, se a instalação dos canos e das tubulações, por exemplo, não foi feita da maneira correta, outros contratempos podem surgir, como: entupimentos, vazamentos e infiltrações – situações que ninguém deseja, não é verdade?

Portanto, se você notar algum problema e/ou se o sistema hidráulico da sua casa for muito antigo, é importante que você busque uma empresa especializada para que possa fazer uma vistoria, além de possíveis ajustes, reparos e trocas.

A manutenção periódica é algo essencial, e vai evitar que problemas pequenos ou grandes aconteçam em seu sistema hidráulico residencial.

2. Reformas

Para melhorar alguns aspectos da casa e deixá-la de acordo com os gostos dos moradores, muitas pessoas fazem reformas em suas residências – e não tem nada de errado nisso.

Porém, é importante se atentar, dependendo do tipo e tamanho da reforma, para que ela não afete/prejudique o sistema hidráulico residencial.

Isso porque, se não houver esse cuidado, talvez seja necessário fazer outras reformas posteriormente para corrigir algum erro – o que gera mais gastos e dores de cabeça.

Portanto, se você está fazendo ou pretende fazer uma reforma em sua casa, não deixe de avaliar se haverá alguma consequência no sistema hidráulico, ok?

Às vezes, pode ser necessário trocar alguns canos ou algumas tubulações, por exemplo, e colocar opções melhores, com maior capacidade.

Além disso, mesmo que a reforma não envolva especificamente a parte hidráulica, é de suma importância que o descarte de materiais, detritos, resíduos, entre outros itens, seja feito de maneira adequada para não comprometer canos, tubulações, etc.

3. Hábitos e cuidados no dia a dia

Diariamente, as pessoas utilizam o vaso sanitário, a pia do banheiro, a pia da cozinha, torneiras, etc., e dependendo dos hábitos e cuidados que você (e quem mora com você) tem no dia a dia, o seu sistema hidráulico pode estar em ordem (ou não).

Veja, se as pias e os vasos sanitários da sua casa sofrem com entupimentos e outros problemas regularmente, por exemplo, ou é porque você (e quem mora com você) tem alguns maus hábitos e/ou é porque as tubulações e os encanamentos não são adequados, ou estão com algum defeito.

E caso os problemas sejam devido a maus hábitos, é de suma importância que você se atente às informações abaixo.

O entupimento de pias, ralos e vasos sanitários, por exemplo, muitas vezes se dá por falta de cuidado e atenção dos moradores que descartam qualquer coisa nesses itens.

E dependendo do tamanho do entupimento, pode ser necessário chamar uma desentupidora 24 horas para resolver o problema, visto que sozinho você pode não conseguir lidar.

Portanto, para evitar esses e outros transtornos:

  • Coloque uma telinha de proteção nos ralos da sua casa, especialmente no ralo da cozinha;
  • Retire os fios de cabelo das pias e dos ralos no banheiro (não deixe que se acumulem);
  • Evite jogar restos de comida, borra de café, embalagens, e qualquer tipo de óleo e gordura na pia da cozinha;
  • E evite jogar papel higiênico, remédios, preservativos, absorventes e qualquer outro item/objeto no vaso sanitário.

E além de ter esses cuidados, vale a pena ter um hábito de limpeza…

Uma vez por semana, ferva aproximadamente dois litros de água, coloque um pouco de bicarbonato de sódio e despeje-a, lentamente, ralo abaixo, deixando-a agir por cerca de quinze minutos.

Assim, você reduzirá as chances de sujeiras e detritos ficarem acumulados.

4. Ajuda profissional

Por fim, mas não menos importante, outro cuidado essencial que você deve ter com o sistema hidráulico residencial, é buscar ajuda profissional quando necessário.

Isso porque, imprevistos e problemas podem acontecer na parte hidráulica da sua casa e, dependendo da situação, talvez você não saiba o que fazer e como resolver. 

E tentar fazer algo sem ter o conhecimento necessário, pode acabar piorando e agravando a situação – o que, claro, você não quer, certo?

Portanto, em caso de problemas hidráulicos, elétricos e que você não saiba como lidar, procure a ajuda de um profissional. 

É muito melhor ter a disposição uma pessoa que entende do assunto, que trabalha com esse tipo de serviço, do que tentar fazer algo que não sabe e que pode complicar ainda mais a situação!

Sistema Hidráulico Residencial