Ripple XRP: Entenda essa sobre essa criptomoeda

Você sabe o que é Ripple XRP? Trata-se de um sistema de transações e registros de blockchain, projetada para ser utilizada na rede Ripple para transferir dinheiro rapidamente entre comerciantes e compradores, utilizando diferentes moedas.

Como você sabe, existem diversas maneiras de investir seu dinheiro e com certeza moedas digitais devem estar em seus investimentos.

No entanto, um dos pontos mais atrativos é o custo de operação:os bancos e instituições financeiras podem operar a um preço mais baixo através da rede Ripple, uma plataforma criada pela empresa americana de tecnologia chamada Ripple Labs.

Comerciantes e bancos podem transferir sua moeda local para o XRP, enviar moedas para um receptor local e transferir o XRP de volta para a moeda que aceitaram. 

Além da importante questão de segurança, também pode diminuir o tempo de transferência e reduzir as taxas para bancos que não têm uma relação direta com uma instituição estrangeira se ambos estiverem na mesma rede.

Você quer saber mais sobre o que se trata essa tecnologia de transação? Então, continue a leitura.

Como funciona o Ripple?

O histórico de cada moeda é monitorado por computadores independentes ao redor do mundo, mantendo o controle de todas as transações – semelhante a como funcionam outras moedas criptográficas como o próprio bitcoin. 

Por essa razão, chamamos de sistema de razão descentralizado. 

Este sistema permite maior transparência, já que os bancos dependem dele para enviar XRP a outras instituições financeiras registradas em todo o mundo. Os bancos podem agora desfrutar da vantagem de uma rede financeira maior.

A fim de agilizar o processo, um banco ou “gateway” pode mudar a moeda local do pagador para uma moeda digital. Ele pode ser trocado de volta para a moeda usada no país do vendedor, assim que chegar à porta de entrada do receptor.

Ripple e iniciativas de código aberto

O principal motor para conectar bancos e instituições financeiras globais é a Ripple. 

Eles podem usar esta plataforma para movimentar dinheiro de forma rápida e eficiente ao redor do mundo.

Ela beneficia as instituições financeiras, reduzindo os tempos de processamento e garantindo a transparência dos protocolos. Por questões de segurança, as operações internas da rede Ripple não estão abertas a programadores.

Entretanto, desenvolvedores que desejam integrar pagamentos XRP em seus programas e aplicações podem usar uma versão de código aberto do software da Ripple Labs. O serviço é chamado RippleX e tem frameworks de código aberto, que facilitam a integração.

Ao contrário de outras moedas criptográficas, os serviços centrais da Ripple estão focados nas rápidas transferências internacionais de moeda.

Isto significa que enquanto suas redes dependem de um ledger ativo e validadores, eles ainda mantêm o controle de como a rede é utilizada para garantir a confiança em sua plataforma.

Investir em Ripple é seguro?

Como todo cripto ativo, o principal risco está relacionado à sua volatilidade. 

Ela está sujeita à lei da oferta e da demanda no mercado porque não é regulada por um governo. Com o tempo, o preço pode ser imprevisível e intenso.

Vale a pena considerar o risco de não ser regulamentado no Brasil. 

O investidor brasileiro que quer ser exposto a este tipo de tecnologia precisa ser cuidadoso na forma como o faz. Como as chances de ser vítima de fraude aumentam, aumenta também a chance de ser uma vítima.

Diferenças do bitcoin

Enquanto Bitcoin é uma moeda digital destinada como meio de pagamento de bens e serviços, Ripple é um sistema de liquidação, troca de moeda e pagamento destinado a bancos e redes de pagamento.

O Bitcoin é baseado na tecnologia blockchain, enquanto o Ripple não usa blockchain, e sim um livro de consenso distribuído. Esta rede de servidores de validação é chamada de XRP Ledger.

Também há uma grande diferença entre a confirmação de uma transação entre o bitcoin e o Ripple. O Bitcoin leva até 10 minutos, enquanto o Ripple leva em média quatro segundos.

Ripple XRP