Policarbonato para portas e portões? Entenda como funciona!

O policarbonato é um material extremamente versátil. Trata-se de um tipo de plástico moldável quando aquecido e que endurece quando resfriado, o que permite sua adaptação para diversas formas e espaços. 

O uso mais comum desse termoplástico é em coberturas em geral e fechamentos laterais de espaços externos, mas também podemos encontrar versões do policarbonato utilizadas em óculos de proteção, vitrines, estufas, entre outros. 

Uma de suas maiores vantagens é a leveza. Uma chapa de policarbonato pode chegar a ser 86% mais leve do que uma de vidro. Logo, montar estruturas com esse material é muito mais simples e não exige tantas adaptações.

Outro benefício é a durabilidade, que torna possível sua exposição a sol intenso, chuvas, ventos e outras intempéries. Além disso, ele reage bem ao impacto, então é seguro e resistente a quebras e estilhaços. 

Além do mais, as chapas têm grande transparência, o que permite que sejam utilizadas em locais em que se deseje manter a luminosidade natural. 

Elas também passam por tratamento UV em uma das faces, o que bloqueia a radiação advinda dos raios ultravioleta, que são prejudiciais à saúde.

Existem diversos tipos de policarbonato, com diferentes usos e aplicações. 

O tipo corrugado tem formato de telhas com espessura de 0,8 mm e fino acabamento, o que torna seu uso atrativo para locais que necessitem de uma estética mais sofisticada.

A versão alveolar do policarbonato recebe esse nome pelos alvéolos (vãos) em sua estrutura, o que o torna mais leve do que os demais. Por essa característica, esse tipo de chapa utiliza menos material na composição e, por isso, sai mais em conta.

Embora seja menos translúcido, o policarbonato alveolar ainda tem bom índice de passagem de luz natural, que pode chegar a 80% na cor cristal. 

O tipo mais nobre de policarbonato é o compacto. Suas chapas lembram muito a aparência do vidro, são lisas e não têm emendas.

Seu melhor uso se dá em aplicações que desejem manter a qualidade óptica, pois o material não tem distorções que podem prejudicar a visibilidade. O espectro de luz visível chega a 90% na cor cristal e a espessura das placas varia entre 1 mm e 10 mm.

Com todas essas características, é inegável que o policarbonato tem um excelente custo benefício para fechamentos e coberturas, mas você sabia que esse material também pode ser utilizado em portas e portões?

É isso mesmo! Abaixo, explicaremos um pouco mais sobre esse uso para você!

Como utilizar o policarbonato em portas e portões?

Os tipos de chapa de policarbonato utilizados em portas e portões são o alveolar e o compacto. 

A ideia de utilizar esse tipo de material nessas aplicações é permitir a entrada de luz natural e dar visibilidade para outros ambientes, sem perder a privacidade e a segurança.

Nos portões – que exigem uma proteção a mais -, o policarbonato pode ser utilizado para fechar os vãos decorativos e conferir ainda mais privacidade para sua casa ou empresa, sem prejudicar a proposta estética dos formatos esculpidos em ferro, aço ou alumínio.

A grande vantagem desse tipo de fechamento é que, ao mesmo tempo em que protege o local, não tira totalmente a visibilidade do ambiente externo, conferindo mais segurança do que uma placa de metal inteiriça. 

No caso das portas, o melhor uso do policarbonato é em divisórias de ambientes. Por seu formato compacto, a peça não compromete o espaço físico e, portanto, serve bem a diversos ambientes. 

Além disso, vale a pena ressaltar, mais uma vez, a luminosidade e transparência proporcionadas pelo policarbonato, que além de deixar o espaço mais bonito e acolhedor, também permite a economia de energia elétrica.

Optar por esse material também traz a certeza de que não será necessário se preocupar com manutenções constantes e nem com grandes dificuldades na hora da limpeza, mais uma facilidade para o dia a dia. 

Um dos materiais mais utilizados em conjunto com o policarbonato para a confecção de portas é o alumínio. Esse metal também é extremamente versátil, durável e tem ótimo acabamento.

Existem vários perfis de alumínio e cada um serve para um tipo de placa de policarbonato. Portanto, é importante estar atento a isso para garantir firmeza e boa vedação.

Como escolher um bom distribuidor desses materiais?

Como vimos, as vantagens do policarbonato são indiscutíveis. Mas, para garantir a qualidade e todos os benefícios que o material pode trazer para seu espaço, é necessário ter a certeza de que foi adquirido em um local de confiança.

Por isso, a dica é pesquisar bastante para não cair em ciladas e tirar dúvidas com profissionais capacitados e especializados para te ajudar a escolher o melhor para seu projeto.

Afinal, nada melhor do que fazer um bom investimento que, além de tornar seu espaço bonito, trará segurança e tranquilidade.