Gírias de São Paulo – Conheça as principais

Você conhece as principais gírias de São Paulo?

Se você está pensando em viajar para São Paulo e ainda não conhece as principais gírias da região, saiba que este artigo foi feito para você.

Ao longo deste conteúdo, nós vamos te mostrar as principais gírias de São Paulo. Por isso, se você quer saber as principais gírias de São Paulo, fique até o final deste conteúdo.

Mas antes de iniciarmos, não se esqueça de compartilhar este conteúdo em suas redes sociais e com os seus amigos que também querem conhecer as principais gírias de São Paulo.

Agora, vamos lá! 

Gírias no Brasil

Antes da gente falar sobre as principais Gírias de São Paulo, é importante comentarmos um pouco sobre essa questão de gírias aqui no Brasil.

Diferente de alguns países, no Brasil, para cada estado que você for visitar, você conhecerá uma gíria diferente. Então, não apenas em São Paulo, mas no país todo, existem gírias que são usadas apenas naquela região.

Isso faz com que as pessoas que não são da região acabem meio perdidas em meio as gírias. Por isso, independente se você começou a morar agora em São Paulo ou se está indo conhecer, é muito importante que você conheça essas gírias para não ficar perdido ao falar com os locais. 

É claro que existem inúmeras gírias, mas aqui, vamos tentar elencar apenas as principais para você. Tendo isso em vista, vamos lá! 

Principais Gírias de São Paulo

Bang

Entre as gírias de São Paulo, uma clássica e que você verá com frequência é a gíria “Bang”. 

Bang é uma gíria que não tem um significado específico, pois ela pode ser usada para várias ocasiões. Vamos imaginar que você esteja pedindo para uma pessoa pegar uma coisa para você. 

Nesse caso, em São Paulo, muitas vezes as pessoas falariam: “Pega esse bang para mim”. Bang é usado para se referir a alguma coisa. Exemplos de uso: “Pega esse bang para mim”, “Bebe esse bang aí”, “Você viu aquele bang?”. 

B.O

Sabe quando dá algo errado em uma situação? Pois bem, em São Paulo, muitas vezes as pessoas falarão que deu “B.O”. 

Assim, é muito comum ouvirmos pessoas falando: “Vish, aquilo deu mó b.o”. Agora, sempre que você ouvir alguém dizendo “b.o” – imagine que ela está se referindo a algo que deu errado.  

Breja

Na vida noturna de São Paulo, é muito comum você ouvir as pessoas chamando cerveja de ‘breja’. Em barzinhos ou em festas no geral, é muito comum ouvir breja ao invés de ‘cerveja’. 

Já se acostume com essa gíria 

Fazer o corre

Uma outra gíria muito usada é “fazer o corre”. O corre, quando as pessoas falam, estão se referindo ao trabalho. 

Nesse caso, quando alguém diz: “preciso fazer o corre”, ela está querendo dizer que precisa trabalhar. Fazer o corre ou fazer um corre são gírias de São Paulo bem usadas.

Cota

Assim, como penúltima gíria, em São Paulo, quando as pessoas falam ‘cota’, elas estão se referindo ao tempo. 

Então, se você pergunta a uma pessoa se ela está naquele lugar há muito tempo e ela responde: “estou há mó cota”, quer dizer que ela está ali há muito tempo. 

Cota é uma outra gíria muito usada no dia a dia, por isso, se acostume com ela.  

Miou

Para fecharmos com chave de ouro, uma outra gíria muito usada é “Miou”. 

Miou significa “deu ruim”. Então, sempre que alguém falar que alguma coisa “miou”, saiba que deu ruim. 

Bom, por hoje ficamos por aqui. Antes de finalizarmos, não deixe de ver outros conteúdos aqui do blog:

(Clique aqui para conferir

você pode gostar também

Este site usa cookies para melhorar sua experiência, você pode optar por não participar, se desejar. AceitarLeia mais