Fabricantes e distribuidores investem em lojas virtuais B2B

Fabricantes e distribuidores estão constatando que o e-commerce B2B significa um grande aumento em suas receitas. Por isso, muitas empresas estão apostando na implantação ou no aprimoramento de lojas virtuais B2B. 

Lojas virtuais B2B

O comércio eletrônico B2B é uma estratégia fundamental para diferentes negócios ganharem competitividade e mais eficiência, uma vez que a atividade comercial pode ser desenvolvida sem limitação de horas, em qualquer lugar e de forma totalmente personalizada.

A plataforma de e-commerce B2B


B2B ou "business to business" significa negócios entre empresas, como fabricantes que vendem para distribuidores, ou distribuidores que vendem para lojistas, por exemplo. As transações ocorrem por meio de uma plataforma de vendas online. Uma vez implementada, a loja virtual pode melhorar o relacionamento com os distribuidores, bem como com fornecedores e usuários finais.

Os distribuidores e lojistas podem fazer pedidos 24 horas por dia, 7 dias por semana, a flexibilidade de reabastecimento entra em ação, a conveniência e o imediatismo disparam e o comércio eletrônico adiciona um novo nível à experiência de relacionamento.

Para Alex Barbosa, co-founder da B2 Rocket - consultoria de e-commerce, "a plataforma de e-commerce para fabricantes e distribuidores deve atender particularidades do negócio B2B, como recursos para o departamento comercial/representantes, políticas comerciais para cada perfil de cliente, formas de pagamento diferenciadas e cálculo de impostos específicos. Por isso é importante contratar uma consultoria com uma equipe especializada e a plataforma correta."

Motivos para investir em uma loja virtual B2B


Para muitos fabricantes, o comércio eletrônico ainda parece distante, mas o tempo mostra que essa evolução não pode ser evitada. Os próprios distribuidores já estão vendendo seus produtos online e muitos têm trabalhado com suas próprias lojas virtuais.

A partir dessa tendência, é fundamental que os fabricantes ofereçam aos seus distribuidores a possibilidade de vender online com uma plataforma de marca unificada, principalmente pelos seguintes motivos:

  • A marca pode orientar melhor todo o processo de venda (até o consumidor final);
  • Marketing, promoções, catálogo, atendimento ao cliente, inteligência de negócios, análise e rastreamento podem ser totalmente centralizados;
  • Os distribuidores podem se beneficiar da imagem e do potencial da marca, mas definindo seus próprios preços, estoque e custos de envio;
  • O resultado é uma experiência de usuário fantástica no ecossistema de uma marca integrada.

O que é preciso para ter a melhor loja virtual B2B?


Observamos quatro fatores fundamentais que têm em comum as principais lojas virtuais B2B de sucesso do Brasil. Confira!

1 - Personalização


O toque pessoal é muito importante no e-commerce B2B. Não só em termos de fazer com que os clientes se sintam especiais, mas também em termos de eficiência.

Uma experiência de compra personalizada não se trata apenas de uma rápida mensagem de boas-vindas e sugestões de produtos, mas de gerenciar com eficácia os relacionamentos dinâmicos que você tem com seus clientes.

Os exemplos incluem catálogos de produtos e preços totalmente personalizados em toda a sua loja virtual. Além disso, saiba que as melhores lojas virtuais B2B oferecem uma ótima experiência omnichannel para garantir que seus clientes possam encontrar o que precisam e obter o suporte que desejam, independentemente de seu dispositivo ou canal.

2 - Excelente conteúdo


Os compradores empresariais precisam do nível certo de informações e documentação para dar suporte a cada estágio do processo de compra. Comece fazendo uma revisão no conteúdo que você já está oferecendo aos seus clientes.

Talvez você precise melhorar as imagens dos produtos ou tenha que acrescentar descrições que estão faltando. Tenha uma visão geral do que você já possui, identifique as falhas e crie um plano de ação.

3 - Facilidade de uso


A maioria dos usuários de sites não está disposto a se preocupar com um esquema de navegação complexo. Isso significa que seus compradores devem ser capazes de encontrar o que procuram rapidamente e com o mínimo de esforço. O menu é a principal forma de navegar nas lojas virtuais, então o seu deve ter uma estrutura clara e lógica.

Como os catálogos de produtos B2B costumam ser longos e complexos, uma boa funcionalidade de pesquisa/busca também é importante. Isso tornará mais fácil para seus clientes pesquisarem produtos rapidamente.

4 - Design amigável para clientes B2B


Se você deseja atrair novos compradores, a aparência conta. Assim como as lojas físicas, o design de sua loja virtual terá um papel importante na atração e retenção de novos clientes. As melhores lojas virtuais B2B mantêm suas vitrines leves, limpas e simples.

Portanto, é importante garantir que sua identidade corporativa seja consistente e o design de sua loja virtual (guias, botões, imagens e menus) siga uma estrutura coerente.

As lojas virtuais mais fáceis de usar também são rápidas, por isso é importante manter o tempo de carregamento em um ou dois segundos para evitar a perda de clientes. Além disso, sua loja virtual deve ser construída para se adaptar automaticamente a dispositivos móveis.
Postagem Anterior Próxima Postagem