Os 10 principais tipos e modelos de absorvente

Descartáveis ou reutilizáveis, todos focam no conforto feminino durante o período menstrual
principais tipos e modelos de absorvente

O ciclo menstrual é parte da rotina feminina desde a menarca até a menopausa. Assim, todos os meses é normal fazer uso dos absorventes durante alguns dias, até que o sangramento daquele mês acabe.

Se em um período da história as mulheres contavam apenas com panos, no estilo das fraldas de bebê, como forma de absorver o fluxo, agora são encontrados diferentes modelos de absorventes, todos com foco no cuidado feminino.

Atualmente os produtos são desenvolvidos pensando sempre no conforto da mulher, de forma que ela possa continuar sua rotina sem preocupações. O melhor de tudo é que você pode escolher com qual opção se adapta melhor. Então, conheça agora os principais tipos de absorvente.

1. Absorvente externo com abas

Modelo mais comum e bastante utilizado, é feito para ser grudado na calcinha e conta com abas que ajudam a mantê-lo no lugar. É descartável e pode ter cobertura seca ou suave. Pode ser usado por quem tem fluxo leve ou médio.

2. Absorvente externo sem abas

Também é grudado na calcinha, porém, não conta com abas que ajudam na fixação do absorvente. Indicado para quem tem fluxos mais leves ou quer usá-lo com as calcinhas estilo shorts. É descartável e possui cobertura seca ou suave.

3. Absorvente externo noturno

Apesar do nome, este absorvente não precisa ser usado apenas na hora de dormir. Ele é perfeito para quem tem fluxos mais fortes, pois seu comprimento é maior, o que evita os vazamentos. Tem abas e pode ser encontrado na cobertura suave ou seca.

4. Absorvente externo cobertura seca

Pode ser com ou sem abas, ou na versão noturna. A cobertura seca evita aquela sensação de algo molhado colado na pele, mas também contribui para as assaduras. É uma questão de preferência, para algumas mulheres, é o que mais gostam.

5. Absorvente externo cobertura suave

Também encontrado nas versões com abas, sem abas ou noturno. Sua cobertura suave evita assaduras e ajuda a perceber mais facilmente quando é hora de trocar o absorvente.

6. Absorvente externo de pano

Uma novidade no mercado, esse modelo tem foco ecológico, pois pode ser lavado e reutilizado. Tem o mesmo formato de um absorvente externo descartável com abas e foi desenvolvida para conter o fluxo por determinado período.

7. Absorvente interno

Disponível no tamanho pequeno, médio ou grande, é indicado para quem não se sente tão à vontade com os absorventes externos. Descartável, é introduzido no canal vaginal e possui um fio para ser puxado na hora da troca. Exige mais atenção para saber quando trocar, mas permite que a mulher vá para a praia ou piscina tranquilamente.

8. Coletor menstrual

Outra opção ecológica que tem conquistado muitas adeptas. Trata-se de um pequeno copo de borracha inserido no canal vaginal. É possível encontrar versões descartáveis, porém, o mais comum é o reutilizável. A mulher deve conhecer bem seu fluxo para saber o momento e fazer a troca do coletor.

9. Calcinha absorvente

Também uma novidade ecológica e mais prática, já que é semelhante a uma calcinha confortável usada no dia a dia. Feita com tecido próprio para conter o fluxo, pode ser usada por todas as mulheres. Em seguida, é só lavar e usar novamente. Perfeita para quem não gosta do absorvente externo marcando nas roupas e não se sentiu muito bem com o coletor ou com o absorvente interno.

10. Protetor diário

Semelhante a um absorvente sem abas, porém menor e mais fino. É descartável e deve ser colado na calcinha. Algumas mulheres com fluxo levíssimo costumam usá-lo, enquanto outras aproveitam o protetor como um preparo para a chegada da menstruação ou para usar nos últimos dias do fluxo.