Placa Mercosul

Placa Mercosul: tudo o que você precisa saber

A nova placa Mercosul foi implantada em janeiro de 2020, em meio a polêmicas. Algumas mudanças ocorreram no visual da placa, na segurança e na forma de emissão.

Os Detrans perderam autonomia no que diz respeito ao emplacamento, agora apenas empresas credenciadas podem fazer a venda do item.

O objetivo da nova placa, era fazer a padronização da peça pelos países pertencentes ao bloco sul-americano: Brasil, Uruguai, Argentina e Paraguai. Além disso, a ideia é facilitar a fiscalização por meio dos novos itens contidos na placa Mercosul.

Saiba mais sobre esse assunto que ainda causa dúvidas nos brasileiros.

A placa Mercosul é obrigatória? 

A placa Mercosul é obrigatória em alguns casos específicos, não é todo mundo que precisa correr para trocar de placa.

Desde 2020, todos os veículos novos no Brasil devem estar com a placa Mercosul. Porém, a regra para os automóveis com a antiga placa cinza, é diferente.

Deve realizar a substituição do item, proprietários de carros usados que passaram por transferência de dono ou quando houver a mudança de estado ou município.

Além disso, se o veículo sofrer roubo, mudança de categoria, dano ou furto, será exigido a substituição pela nova placa Mercosul.

Quando preciso trocar a placa antiga? 

Como mencionado anteriormente, a placa antiga também chamada de placa cinza, não precisa ser trocada se não se enquadrar nas situações citadas que obrigam a substituição pela nova placa Mercosul.

Portanto, o proprietário pode manter a antiga placa até o máximo que o veículo durar. Em casos de danificação da placa, não existe mais a fabricação dessas placas cinzas, por isso fique atento e faça a troca correta se necessário.

Posso trocar para a placa Mercosul mesmo não sendo meu caso?

Se você não se encaixa em nenhuma das situações de obrigatoriedade da substituição para a nova placa, mas mesmo assim deseja realizar a troca, é totalmente possível.

A única coisa que precisa ter em mente é que terá que arcar com alguns custos no processo e emitir um novo CRV (Certificado de Registro do Veículo).

Onde colocar a placa Mercosul? 

Para realizar a troca e colocar a placa Mercosul, primeiro o indivíduo deve acessar o site do Detran do seu estado e solicitar a emissão de um novo CRV.

Após isso, é necessário realizar uma vistoria do automóvel para liberar o CRV. É importante que leve em consideração se algum problema for identificado na hora da vistoria, caso o problema não seja resolvido será difícil obter a permissão.

Uma boa loja de pneus pode fornecer os itens necessários para o perfeito funcionamento do veículo.

Após a liberação, deve-se procurar uma empresa credenciada pelo Detran para realizar o estampamento da placa, realizar o pagamento e pronto.

Quanto custa a placa Mercosul? 

O valor da placa Mercosul não é definido pelos Detrans estaduais, ou seja, agora cada empresa credenciada, autorizada a realizar a venda da placa pode precificar na forma que deseja.

As empresas ficam responsáveis por estampar, vender e instalar as placas, sem um controle dos órgãos públicos e sem uma tabela de referência em valores.

Em média, o valor da placa Mercosul para carros varia entre 150 e 200 reais. Já para as motos, o preço é um pouco inferior, variando entre 50 e 100 reais.

É importante que você saiba que existem outras taxas envolvidas no processo, o que torna o custo para colocar a placa Mercosul um pouco maior, como por exemplo a taxa de vistoria.

Toda a parte de registro do veículo vai render mais custos ao proprietário, além de uma taxa a mais caso queira personalizar a placa.