Como Viajar Barato Para o Exterior

Como Viajar Barato Para o Exterior, Dicas Essenciais

Viajar barato para o exterior, pode parecer uma “missão impossível” para muitas pessoas, afinal, uma viagem para outro país, envolve uma série de gastos.

No entanto, aplicando algumas dicas antes e durante a viagem, é sim possível viajar para outro país sem precisar gastar “rios” de dinheiro.

Quer saber como? Então não deixe de conferir este artigo até o final!

Dicas essenciais para viajar barato ao exterior

Dica 1: evite a alta temporada

Durante o ano, todo destino no exterior possui períodos em que é mais procurado e períodos em que é menos procurado.

Geralmente, os meses de férias e de final de ano são os mais desejados pelos turistas.

Porém, além de haver muito mais pessoas e filas nessa época, as coisas costumam ser mais caras, desde as passagens, até a hospedagem, os passeios, etc.

Por isso, a primeira dica para você viajar barato ao exterior é: evite a alta temporada. Procure viajar em um mês que o destino seja menos procurado como março, abril, setembro e outubro.

Dessa forma, você não só conseguirá economizar em diversos aspectos, como também poderá aproveitar o destino com muito mais tranquilidade, afinal, o número de turistas será bem menor e você não terá que pegar longas filas, ficar esperando horas para fazer um passeio ou conhecer uma atração, etc.

Dica 2: opte por uma hospedagem mais em conta

Muitos brasileiros quando fazem uma viagem para o exterior, costumam se hospedar em hotéis e resorts – e não há nada de errado nisso.

Porém, tratando-se de gastar menos, essas podem não ser as melhores opções.

Isso porque, se você ficar hospedado, por exemplo, em um hostel, em uma pousada ou utilizar o Airbnb, é bem mais provável que você pague menos na sua hospedagem.

Então, se você quer viajar barato para o exterior, é interessante avaliar essas formas de hospedagem mais simples e alternativas.

Ao optar por uma delas, você conseguirá uma boa economia com as diárias.

E engana-se quem pensa que essas opções, por serem mais baratas, são ruins e de baixa qualidade. 

Muito pelo contrário, há inúmeros hostels, pousadas e Airbnb’s que são ótimos e altamente recomendados por viajantes. Basta fazer pesquisas e você verá.

Dica 3: pesquise (e compre) as passagens com antecedência

As passagens aéreas, geralmente, tem um custo significativo para viagens internacionais. Porém, dá sim para economizar na hora de comprá-las.

Como? Simples, comece suas pesquisas com uma boa antecedência, pelo menos cinco meses antes de viajar.

Dessa forma, você poderá ir acompanhando os valores de perto e, muito provavelmente, conseguir uma boa promoção ou um cupom de desconto.

Além do mais, se você participa de algum programa de milhas, vale a pena utilizá-lo.

Assim, seguindo essas dicas, você conseguirá comprar as passagens aéreas por um preço muito mais em conta.

Dica 4: invista em passeios e atrações gratuitas

Para aproveitar passeios e atrações no exterior que são famosos e mais badalados, normalmente é necessário adquirir algum tipo de ingresso ou bilhete. No entanto, se você quer viajar barato e curtir o destino, não fique “preso” a eles.

Isso porque, existem muitos passeios, tours e atrações que são gratuitos. Ou seja, você pode conhecê-los e curti-los sem precisar pagar nada.

Portanto, durante o seu planejamento de viagem, se informe sobre isso e aproveite o destino sem precisar, necessariamente, de um ingresso ou bilhete.

Você verá que há muita coisa legal, divertida e interessante para fazer/conhecer no exterior, sem que você precise gastar.

Dica 5: preste atenção nos lugares que você vai comer

Durante os seus dias de viagem, você precisará comer, claro. Contudo, como estamos falando sobre viajar barato, é importante que você se atente aos lugares que você irá comer.

E sabe por quê? Porque restaurantes, lanchonetes, pubs, entre outros estabelecimentos que ficam próximos de atrações e pontos turísticos, geralmente são mais caros – fora que, costumam ter mais filas e um tempo maior de espera.

Portanto, para não gastar muito na hora de fazer as suas refeições, procure estabelecimentos gastronômicos que não fiquem tão próximos de lugares e áreas mais baladas e frequentadas por turistas.

E para tal, você pode pesquisar na internet e/ou falar com os moradores da região para pedir recomendações.

Além do mais, ainda no assunto alimentação, é interessante que, quando você for passear e “turistar”, você leve uma mochila e coloque nela alguns snacks, frutas e uma garrafinha de água, para quando você sentir fome ou sede – você pode comprar esses itens em algum mercado que fica próximo de onde você está.

Assim, você não precisará ficar gastando na rua e nem ficará com fome ou sede.

Dica 6: utilize o transporte público local

Muitos brasileiros quando fazem uma viagem para o exterior, preferem utilizar táxis, aplicativos de transporte como Uber e Cabify ou alugar um carro para se locomover – e novamente, não tem nada de errado nisso.

Porém, como estamos falando sobre viajar barato, essas opções não costumam ser as mais em conta.

Portanto, se você não quer gastar tanto para se locomover no destino, é interessante que você, além de andar, claro, utilize o transporte público local, ou ainda, alugue uma bike.

Dessa forma, além de economizar, você estará colocando o corpo em movimento, se exercitando, o que é ótimo para a saúde.

Dica 7: tenha controle em relação às compras

Se tem uma coisa que brasileiro adora fazer no exterior são compras. Afinal, há diversas coisas que são mais baratas do que aqui, ou que são diferentes e que não têm por aqui.

Contudo, se você quer viajar barato, é de suma importância que você tenha controle em relação a isso.

Afinal de contas, se você sair gastando e comprando coisas como se não houvesse amanhã, a sua viagem poderá ficar bem mais cara.

Portanto, organize-se para gastar de maneira controlada, sem exageros. 

E para isso, você pode estabelecer um orçamento diário para gastar e/ou montar uma lista dos itens que você quer comprar.

Dica bônus: reserva de estacionamento

Por fim, a nossa última dica para você viajar barato está relacionado ao dia da sua viagem…

Se você pretende ir até o aeroporto com o seu carro, é importante que você reserve uma vaga em algum estacionamento para deixá-lo, não é verdade? Afinal, a rua não é o melhor lugar.

Porém, para economizar, dê preferência para um estacionamento que fique perto do aeroporto, no entorno dele. Evite o estacionamento oficial do aeroporto, pois normalmente ele é mais caro.

Então, por exemplo, se você é de São Paulo, procure algumas semanas antes de viajar por estacionamentos próximos ao aeroporto de Guarulhos.

E, a partir disso, escolha um e reserve uma vaga para deixar o seu veículo.

Dessa forma, você conseguirá uma boa economia com as diárias e o principal, deixará o seu carro em um local seguro enquanto estiver fora!

E essas foram as principais dicas para viajar barato ao exterior! Esperamos que elas te ajudem em sua viagem. Até a próxima!