Ozonizadores para aquário, como funciona? Quais os benefícios deste aparelho?

Você sabia que o componente ozônio é bastante indicado para a limpeza e higienização de aquários? O mesmo funciona como um agente purificante que realiza uma desinfecção eficiente da água na remoção de contaminantes orgânicos – o que é extremamente importante. 

Muitos não compreendem a necessidade de manter os aquários sempre higienizados e bem cuidados. Afinal, os peixes não têm necessidades e fazem sujeira como outros animais, não é mesmo? 

Errado! A limpeza dos aquários é extremamente importante porque é naquele espaço que os peixes se desenvolvem e passam a maior parte do tempo (praticamente toda a vida).

Somente com esses processos de higienização – os quais não são tão simples – é possível mantê-los saudáveis.

Isso porque dentro de um aquário tudo é interligado e se complementa. Por exemplo: muitas vezes, os cuidadores dão mais comida do que esses animais precisam, ou até mesmo os peixes deixam alguns pedaços de alimentos para trás.

O problema com isso é que quando os resíduos ficam acumulados no fundo do aquário, esse alimento libera a substância amônia ao longo do processo de decomposição, e isso é extremamente tóxico para os peixes.

Sendo assim, nos aquários, há mais sujeiras e microrganismos negativos do que imaginamos. E num ambiente com impurezas (como algas, bactérias e resíduos), o animal pode até mesmo vir a óbito.

Por isso, a limpeza é mais do que fundamental para mantê-los vivos, bem e saudáveis. 

Devido tamanha a importância da higienização dos aquários e purificação da água, sempre surgem diversos equipamentos que prometem facilitar esses procedimentos.

Dentre as opções, os ozonizadores para aquário estão fazendo sucesso na área por otimizar e agilizar essas tarefas que precisam ser realizadas frequentemente. 

No entanto, há alguns cuidados necessários. Por ser um aparelho que está em alta, muitos têm dúvidas sobre ele. Portanto, a seguir, explicaremos o que são os ozonizadores, como eles funcionam, quais os cuidados mais importantes e muito mais.

Acompanhe para saber como cuidar dos peixes com mais agilidade e eficiência!

Limpeza de aquários com ozônio: tudo que você precisa saber sobre o tema

Antes de explicar sobre o uso do ozônio nestes casos, é importante deixar claro que o ato de limpar o aquário é um ato de carinho e respeito pelo animal. Então, nunca deixe de realizar essa tarefa com frequência. 

Somente com a limpeza, os peixes têm água limpa e oxigênio suficientes para sobreviver, portanto, cuidado. 

De quanto em quanto tempo essa higienização é necessária?

Essa é uma das perguntas mais recorrentes sobre o tema, e a resposta, infelizmente, é incerta. 

A frequência vai depender de inúmeros fatores diferentes – como o tamanho do aquário, a quantidade de peixes que vivem nesse espaço, o cuidado que há com o aquário, os acessórios que colocam nele, entre outros.

Uma boa dica é realizar os testes hidrológicos uma vez por semana para monitorar os índices de pH da água (assim como o nível de amônia, nitritos, nitratos, entre outras substâncias). 

Outro ponto importante é que apenas fazer a higienização superficial do aquário não é o suficiente. É preciso realizar um procedimento profundo, altamente eficiente que elimine todos os males do aquário.

É por isso que o uso dos ozonizadores se destacam. Por meio deles, é possível fazer limpezas profundas, que eliminam até 99% das impurezas. 

Esse aparelho libera quantidades específicas de ozônio na água, um componente conhecido como limpador natural.

Ele não deixa resíduos, é capaz de oxidar as cloraminas, é desodorizante e descolorante (deixa a água límpida e transparente), converte nitritos em nitratos e ajuda a manter o PH da água.

Por ser natural, os benefícios são ainda mais visíveis e sentidos pelos peixes, que é o que realmente importa. Mas é preciso ter um cuidado muito importante com os ozonizadores. Fique atento (a)!

Para usar o ozonizador, os peixes precisam estar fora do aquário

A limpeza com ozônio só é eficiente quando feita de maneira correta, caso contrário, pode prejudicar os peixes e até mesmo acabar os matando dentro do aquário. 

ATENÇÃO: O principal cuidado é tirar todos os peixes do aquário antes de iniciar o procedimento com os ozonizadores.

Ou seja, antes de ligar o ozonizador, é importante retirar os peixes da água, colocá-los em outro aquário ou reservatórios. 

Depois, ligue o aparelho, o deixe funcionando por algum tempo. Vale ressaltar que a quantidade de tempo depende do tamanho do aquário, nível de resíduos e outros fatores.

Após aguardar esse período, aí sim é possível voltar com os peixes e ter a segurança que eles estão em uma água limpa, segura e 100% saudável.

A dica aqui é: antes de comprar ozonizador, procure profissionais qualificados para orientá-lo (a).

Assim você entenderá qual o modelo mais indicado para o seu aquário, como realizar o procedimento adequadamente e outras informações importantes.

Somente dessa forma poderá colher tantos benefícios do uso do ozônio nestes casos.

Ozonizadores para aquário