Rentabilidade do imóvel, como utilizá-la para suporte financeiro?

Diversificar o modelo de investimento conforme as demandas do mercado é uma das formas encontradas por pequenos e médios empresários para gerar renda.

Dessa forma, uma das melhores formas de investimento continua sendo a compra de imóveis. 

Com um poder aquisitivo razoável é possível encontrar ofertas de imóveis à venda ou postos para locação. Um imóvel nestas condições pode representar uma agregação de valor significativa.

Isso porque é possível realizar pequenos investimentos no imóvel que rendem destaque dentro do cenário.

Além de contrair um aumento de avaliação em um curto espaço de tempo, a possibilidade de empreender passa muito pela disponibilidade de um lugar para exercer as atividades.

Para aqueles que desejam investir em indústrias, por exemplo, um terreno com espaço para embarque de cargas e construções de modelo industrial vale bastante para os negócios.

Desse modo, é possível afirmar que há formas de utilizar a rentabilidade do imóvel para conseguir suporte financeiro, seja no âmbito pessoal ou profissional.

Além disso, o imóvel também pode ser utilizado como ferramenta de tomada de crédito, através do empréstimo com imóvel em garantia.

Se você está buscando vender o seu, a situação é diferente. Vender um imóvel é uma ação que pode levar meses, até anos, então se tem urgência em conseguir o dinheiro, você pode colocar o bem que está vendendo como garantia e pegar um crédito com garantia de imóvel, receber o valor que precisa e depois quitar o crédito com a venda do imóvel. 

Portanto, confira a partir de agora todos os detalhes sobre algumas das maneiras de utilizar os rendimentos imobiliários para conseguir suporte financeiro.

Geração de rentabilidade a longo prazo

Poupar dinheiro é uma das formas mais tradicionais de acumular economias. Mas o fato é que geralmente procuramos fazer economias para adquirir determinados produtos ou serviços. 

No entanto, a reserva financeira também pode ser utilizada para realizar investimentos.

Desse modo, podemos falar da rentabilidade do imóvel como uma forma prática de realizar investimentos. Com uma alta porcentagem de êxito, as negociações envolvendo imóveis costumam gerar rendimentos mensais.

Entretanto, é possível realizar investimentos em imóveis residenciais. Com a venda de casas ou apartamentos, o investidor tem como principal fonte de renda a rentabilidade do imóvel. 

No entanto, é preciso contar com a disponibilidade financeira e profissional para este investimento. Isso porque o retorno do valor utilizado para a compra da área pode demorar até ser compensado pela margem de lucro. 

Dessa forma, a pessoa deve massificar ainda mais seus investimentos no mercado. Entretanto, para aqueles que realizam compras de imóveis com pronta disponibilidade de gerar renda, podem utilizar a rentabilidade de tais imóveis para o suporte financeiro dos outros investimentos que estão realizados.

Imóveis com pouco valor de mercado podem gerar bons rendimentos

Como já abordamos em outro momento deste artigo, o investimento em imóveis é considerado um dos mais eficazes do mercado financeiro. Isso se deve a facilidade de agregação de valor que um terreno pode receber, por exemplo.

Entretanto, é necessário possuir um determinado aporte financeiro para realizar estes investimentos. Para investir em um imóvel com grandes capacidades de rendimento, no entanto, podem receber apoio de linhas de crédito especiais para o setor.

De toda forma, há também formas mais econômicas de criar rentabilidade do imóvel. É possível encontrar imóveis que não possuem grandes valorizações, seja pela localização, seja pela falta de investimento em melhorias.

Dessa forma, o investidor pode adquirir um imóvel com baixa avaliação no mercado e realizar investimentos na área.

Todo esse processo de decantação do investimento em imóveis deve ser feito acompanhado de um profissional com amplo conhecimento sobre o tema, para avaliar qual é a melhor forma de trabalhar o imóvel.

Dessa forma, a rentabilidade do imóvel deve ocorrer em um período mais longo, devido ao volume de investimento que você realiza. Além disso, as mudanças que ocorrem na região onde fica o imóvel também interferem no preço.

Empréstimo com imóvel em garantia para realizar investimentos

Adquirir um imóvel para realizar investimentos vai muito além de utilizá-lo para construir empreendimentos ou locação para terceiros. Portanto, uma alternativa disponível no mercado é o empréstimo com imóvel em garantia.

Com um prazo de até 15 anos para o pagamento, o empréstimo com imóvel  em garantia possui uma das menores taxas de juros do mercado, chegando no máximo a 1,20% ao mês.

Dessa forma, o valor tomado no empréstimo pode ser utilizado para investimentos, sejam eles no âmbito pessoal ou profissional.

Um exemplo de suporte financeiro para investimentos que o empréstimo com imóvel em garantia pode promover é na compra de novos equipamentos de trabalho.

Conforme a área de atuação do profissional, é possível encontrar preços reduzidos, devido a compra em grande volume.

Outra forma de utilizar o empréstimo com imóvel em garantia é exatamente a construção de um empreendimento para o local.

Desse modo, para viabilizar os valores necessários para a construção, o empréstimo representa um aporte significativo nesse sentido.

Entretanto, há algumas limitações no que diz respeito ao valor tomado no empréstimo. Dessa forma, conforme as regras estipuladas pelo Banco Central do Brasil, a instituição financeira pode conceder até 60% do valor avaliado do imóvel.

Outro ponto que deve ser considerado nesse sentido é em relação ao adiantamento das prestações. Conforme as condições do contrato, é possível que uma taxa seja cobrada em caso de pagamentos antecipados.

você pode gostar também

Este site usa cookies para melhorar sua experiência, você pode optar por não participar, se desejar. AceitarLeia mais