Ansiedade e estresse – Como lidar, causas e tratamento

A ansiedade e o estresse podem causar diversos problemas de saúde. Com isto pode ocasionar aumento de peso, doenças infeciosas, além de contribuir para outros problemas.

A ansiedade e o estresse afetam milhões de brasileiros todos os dias. Um pouco é normal, mas deve-se procurar tratamento quando elas afetam o seu dia a dia, seu sono, seu trabalho ou gera prejuízos nas suas relações.

Neste post, chamamos o Dr. Marcus Yu Bin Pai, especialista em reabilitação, para explicar um pouco mais sobre o diagnóstico e tratamento da ansiedade.

Sintomas da ansiedade e do estresse

  • Alterações do apetite, com aumento ou perda de vontade para comer;
  • Alterações na pele, principalmente espinhas;
  • Alterações no sono, como dormir pouco ou muito se mantendo cansado;
  • Boca seca;
  • Coração e respiração acelerada;
  • Dificuldade de concentração e esquecimento frequente.
  • Dores musculares;
  • Estes problemas podem manifestar os seguintes sintomas:
  • Pressão alta;
  • Quando estes sintomas são frequentes ele pode desencadear outras reações, como:
  • Roer as unhas;
  • Suores, principalmente nas mãos;
  • Tremores e tonturas;
  • Vontade frequente de urinar e dor de barriga.
  • Voz presa e sensação de nó na garganta;

Manifestações no organismo

Deste modo, o organismo, reage ao estímulo de forma diferenciada. Assim é possível aumentar a pressão arterial e até a frequência cardíaca. Neste caso pode ocorrer a contração dos músculos e dos vasos sanguíneos.

Quando isto acontece conforme a intensidade e o tempo ela pode ser prejudicial para o indivíduo. Deste modo, afeta o sistema imunológico, mas ele é responsável pela defesa do corpo. Ainda ele responde a capacidade de ajustar o corpo e pela produção hormonal. Diante disso, as manifestações dos sintomas da ansiedade e estresse são diversas e individuais.

Por que fazer um tratamento

Para entender a gravidade é preciso saber quais os riscos e os problemas que estes sintomas causam para um individuo.

  • Arrancar fios de cabelo;
  • Aumento de peso, inclusive chegando à obesidade;
  • Cansaço extremo;
  • Dependência de drogas farmacêuticas, ilícitas ou alcoólicas;
  • Dor de cabeça frequente e forte;
  • Incontrolável necessidade de comer, de forma compulsiva;
  • Insônia;
  • Prejudicar a qualidade de vida, a autoestima e a saúde.
  • Problemas no estômago;
  • Roer unhas;
  • Transtornos sexuais

Quando não é tratada, pode desencadear algumas doenças como:

  • Aceleração dos batimentos cardíacos.
  • Alergias.
  • Colite.
  • Enxaqueca.
  • Gastrite.
  • Pressão alta.
  • Úlcera.
  • Fibromialgia

Sintomas gerais

Os distúrbios físicos são:

  • Alergias.
  • Aumento da frequência cardíaca.
  • Cistite.
  • Dermatoses.
  • Distúrbio do sono.
  • Dores de cabeça.
  • Dores musculares.
  • Esgotamento físico.
  • Gastrite.
  • Indigestão.
  • Insônia.
  • Mudança de apetite.
  • Queda de cabelo.
  • Síndrome de colo irritável.

Já os distúrbios psicológicos podem desencadear os seguintes sintomas no individuo:

  • Agressividade.
  • Alteração de comportamento.
  • Ansiedade.
  • Apatia.
  • Desmotivação.
  • Instabilidade emocional.
  • Intolerância.
  • Irritabilidade.
  • Memória fraca.

Cuidado contra ansiedade e estresse

Na realidade para lidar com estes sintomas existe diversas técnicas. Nos casos que são controláveis é possível que um médico indique alguns itens para lidar com a situação. Entre eles é possível fazer no dia a dia, as seguintes atividades:

Respiração

Estas situações fazem com que sua respiração fique ofegante. Neste caso é importante ter controle da sua respiração. Para ajudar respire calmamente.

Aceite que não é possível mudar tudo

Pode parecer clichê, mas você se culpar ou martirizar pode deixar você mais ansioso.

Ocupe a cabeça

Procure manter-se ocupado para evitar que existem pensamentos negativos. Não adianta ficar estressado isso irá só prejudicar as suas atividades.

Faça exercícios

Ao exercitar-se faz bem para sua mente e ainda ajudar a diminuir os níveis de ansiedade e estresse. Entretanto é preciso manter atenção, pois se estas formas não forem eficientes pode ser necessário outro tipo de tratamento. Para manutenção da sua saúde, lembre-se que sempre é aconselhável consultar um médico diariamente.

Tratamentos complementares

Mindfulness, yoga, pilates e acupuntura podem ajudar no tratamento de ansiedade e estresse. O tratamento para ansiedade é feito de acordo com a intensidade dos sintomas e as necessidades de cada pessoa.

Em caso de sintomas persistentes, procure seu médico para uma avaliação e plano de tratamento.

Ansiedade e estresse