7 avanços da medicina que revolucionaram o mundo

Os avanços da medicina estão diretamente ligados a benefícios em um contexto geral. Dentre eles, podemos citar: diagnóstico mais rápido, satisfação e feedback positivo de pacientes e, também, a tendência em desenvolver novas metodologias de tratamento, como os cursos de cannabis medicinal.

Sobretudo, antigamente era difícil imaginar uma clínica não tão reconhecida angariando recursos para automatizar e tornar a metodologia mais funcional. Hoje, já se pode pensar em um cenário onde é possível, sim, fazer investimentos, mesmo sendo um pequeno empreendedor.

Em outras palavras: a nova era digital é uma realidade no campo da medicina. Por isso, elaboramos este artigo para você, entusiasta da área ou profissional, que quer se aprofundar um pouco mais no tema avanços na medicina. Vamos lá?

Boa leitura!

A importância dos avanços da medicina

Antes de mais nada, é preciso esclarecer que os avanços na medicina não trazem benefícios somente aos pacientes, mas à gestão corporativa de uma clínica médica. Imagine ter seu processo automatizado, livre de papéis e com rápido acesso aos dados de um paciente?

Tais conquistas aumentam a produtividade e criam um ambiente de trabalho mais eficaz. Embora seja natural pensar que a tecnologia aliada à medicina esteja ligada a um cenário atual, isso não procede. Os primeiros passos em direção a uma nova empreitada, mais tecnológica e segura, foram dados ainda nos anos 90.

Nesse sentido, listamos 7 avanços da medicina para você mergulhar um pouco mais no tema e, quem sabe, tornar-se um defensor dessas novas práticas. Então, vamos lá?

1. Telemedicina

A telemedicina foi a precursora de um caminho mais tecnológico no âmbito medicinal. Lembra que dissemos que a era digital começou nos anos 90? Então, a responsável por este início transformador foi a própria supracitada.

Afinal, foi por meio da telemedicina que houve a possibilidade de tornar diagnósticos à distância uma realidade. Isso mesmo: através de uma tela de computador, anos atrás, médicos já identificavam sintomas e recomendavam tratamentos aos pacientes por meio dessa modalidade.

É importante ressaltar que essa inovação não tornou o atendimento ao paciente menos humanizado. Afinal, o médico já possuía em mãos todo o registro e histórico do paciente. A ideia de encontrar soluções para um problema médico, sem sair de casa, principalmente em tempos de pandemia, tornou-se indispensável.

2. Cirurgias conduzidas por robôs

O próprio nome já entrega: são cirurgias conduzidas por robôs. Obviamente, as mãos humanas não ficam de fora do processo, uma vez que as manobras são direcionadas pelo cirurgião. Sobretudo, a técnica torna possível realizar uma cirurgia de forma mais precisa.

Essa nova era na área da medicina tem avançado consideravelmente nos últimos anos. Sobretudo, a prática médica através de um robô, visa diminuir o erro humano por meio da programação embutida no sistema que torna isso totalmente possível.

Assim sendo, a cirurgia robótica trouxe um novo leque de possibilidades e soluções para pacientes específicos. Dessa forma, muitas empresas têm decidido se tornarem parte desse novo cenário digital e tecnológico.

3. Impressão 3D de órgãos

Esta é a área em que se acredita findar, de uma vez por todas, as filas para transplantes de órgãos humanos. Vamos explicar por etapas: primeiro, a impressão 3D serve para fazer uma cópia exata de uma determinada coisa. Podemos citar, por exemplo, a impressão de heróis de quadrinhos, televisão, entre outros.

No entanto, a impressão 3D se uniu à prática médica quando se percebeu ser possível usar uma fórmula para que o componente reproduzido pela impressão tivesse o mesmo comportamento de um órgão humano.

Incrível, não é? Embora ainda seja uma prática pouco utilizada, seu futuro tende a ser promissor dentro da medicina. Vamos seguir falando sobre mais avanços na medicina?

4. Tratamentos com Cannabis Medicinal é um dos maiores avanços da medicina moderna

Você já deve ter ouvido falar de tratamentos que, com o uso da Cannabis Medicinal, mostraram-se muito mais efetivos e, também, confortáveis para os pacientes.

Hoje, sabemos que pesquisas científicas corroboram que o Sistema Endocanabinóide está associado a diversas funções fisiológicas. Entre essas funções, podemos citar: respostas inflamatórias, imunológicas, apetite e, até mesmo, controle de dor.

No entanto, é preciso quebrar barreiras culturais que impedem o avanço desta prática. É preciso entender que o estudo médico, baseado na evidência, já está mais do que adiantado no que diz respeito ao tema. Por isso, essa nova prática promete ser transformadora para a vida de quem precisa, além de poder ser uma nova alternativa para médicos com demandas específicas.

5. IoT na medicina

Antes de mais nada, vamos desvendar o que significa a sigla loT: é a abreviação de Internet of Things, expressão originalmente dita em inglês. Mas ao que isso se refere na área médica? É simples: utilizar aparelhos conectados à internet para otimizar a rotina de médicos e, também, de pacientes.

É através dele que se torna possível baixar dados, em questões de segundos, de um paciente, fazendo com que a jornada deste mesmo paciente seja mais agradável e com menos espera. O uso do IoT promove não apenas conforto à pessoa que está sendo assistida, mas ao corpo administrativo da empresa.

Assim, por meio desta modalidade que se torna possível um registro automático, monitoramento contínuo do paciente e a eficácia de ações preventivas de autocuidado.

6. Vacinas

Em um momento de pandemia não poderíamos deixar para trás um aspecto tão importante para o avanço na medicina: as vacinas. Afinal, elas permitem que o corpo seja capaz de criar um sistema de defesa natural contra um anticorpo específico, como foi o caso da Covid-19.

Por isso, vacinar-se é algo que nunca sairá de moda. E, além disso, é um ato de carinho com você e com o outro que está ao lado. Imagine uma situação: você se protege e, por consequência, fica imune ou mais fortalecido contra uma doença. Isso impede que ela se espalhe, consideravelmente, e encontre vítimas fatais pelo caminho.

7. Medicamentos personalizados

É através do avanço na área da medicina que se torna possível e mais acessível encontrar medicamentos especializados para um determinado paciente. Doenças da mente, por exemplo, como a depressão e a ansiedade, contam com variáveis consideráveis em relação a cada pessoa.

Com o avanço tecnológico, é possível descobrir quais medicamentos serão mais efetivos para determinado paciente. Por isso, desenvolver esse atendimento personalizado é tão importante, uma vez que cada paciente pode precisar de um tratamento específico.

Conclusão

Por fim, podemos concluir que avanços na medicina vêm para ficar. Sobretudo, é importante passar por cima de barreiras de preconceito e de barreiras culturais para poder, antes de mais nada, oferecer soluções inovadoras para pacientes que carecem delas.

O avanço também não significa perda de humanização no atendimento, algo que é importante lembrar. Por isso, procure meios de expandir o seu conhecimento para áreas ainda não tão exploradas e caminhe em direção ao futuro. Não somente o paciente terá uma estadia mais agradável, como o seu dia a dia ficará mais ágil e funcional.

você pode gostar também

Este site usa cookies para melhorar sua experiência, você pode optar por não participar, se desejar. AceitarLeia mais