Lavador de gases para amônia: saiba tudo sobre o assunto

Muitas empresas liberam gases na atmosfera  ou até mesmo esse efeito é causado por veículos automotores que acabam sendo altamente tóxicos para o meio ambiente. Pensando nisso, as legislações que cuidam do meio ambiente pelo mundo estão aumentando as medidas de combate e proteção, como no combate à um lavador de gases para amônia.

Indústrias em geral devem procurar empresas especializadas, tendo como objetivo reduzir os danos ao meio ambiente e procurando cumprir com a legislação que estiver vigente. É preciso e mais do que recomendado para trabalhar na gestão e no tratamento de emissão de gases, processo que é o mais importante.

Como funciona na prática?

A amônia é bastante utilizada em projetos de refrigeração, como na preparação de fertilizantes e também dentro da indústria petroquímica. Esse é um gás incolor, que é bastante tóxico e úmido, sendo altamente perigoso em casos de inalação, além de que sua emissão na atmosfera é inadequada, o que se recomenda o uso de lavador de gases para amônia.

Neste lavador, o gás que estiver contaminado vai entrar em contato com o líquido de lavagem, em seguida se adicionar os reagentes para efetivar a remoção dos componentes que estiverem em processo de contaminação.

Através do controlador de PH, se mede a eficiência da remoção e a medição de densidade do líquido que será utilizado para a lavagem. O sistema já vem fabricado com materiais que são anticorrosivos, que é uma forma de proteger do ataque da amônia. O sistema do lavador de gases para amônia dispõe basicamente dos seguintes materiais:

  • conjunto de instrumentos complementares;
  • ventilador ou exaustor centrífugo;
  • equipamento completo e o chaminé, que normalmente é o sistema de captação, feito pelo próprio cliente;
  • lavador de gases;
  • chaminé;
você pode gostar também

Este site usa cookies para melhorar sua experiência, você pode optar por não participar, se desejar. AceitarLeia mais