Por que devo investir? 3 motivos para começar agora

Quer começar a investir, mas não sabe como? Então confira o por que fazer investimentos, os tipos de ativos financeiros disponíveis e como ser um investidor!
Por que devo investir

Uma das formas mais recomendadas para conquistar a independência financeira é investir, porém muitas pessoas ainda não conhecem sobre investimentos e não possuem nem reserva de emergência.

São poucos os brasileiros que investem, segundo a Valor Investe, a cada 10 pessoas, menos de 3 investem seu dinheiro em algum ativo financeiro. Ou seja, cerca de 73% da população não aplica seu dinheiro em ativos que podem aumentar sua renda e, consequentemente, a sua independência financeira no futuro.

Além do crescente endividamento, a falta de hábito de economizar gera outros problemas para as pessoas. 

Contudo, se você quer mudar isso, confira neste post dicas de como começar a investir e a importância de guardar dinheiro.

Qual o objetivo de investir hoje?

São diversos os objetivos que vale a pena investir hoje. Alguns dos motivos para você começar a investir:

1. Independência financeira

Ter independência financeira é um dos principais objetivos ao investir. Entretanto, as pessoas acham que precisam de muito dinheiro para começar. Esse é um erro, pois é para isso que serve o investimento, obter rendimentos através do juros compostos.

Com isso, você pode começar aos poucos e futuramente, garantir uma aposentadoria mais cedo e confortável, ter mais liberdade profissional.

 

2. Reserva para emergências

O Brasil é um dos países com mais pessoas endividadas do mundo.

Um hábito comum e nocivo para a saúde financeira de qualquer pessoa é utilizar empréstimos ao ter algum imprevisto. Para evitar as altas taxas de juros cobradas nessas linhas de crédito, fazer uma reserva financeira é importante.

Além disso, fazer investimentos garante que você terá dinheiro suficiente para quitar suas dívidas, evitando o endividamento e outros problemas que essa situação causa.

 

3. Realização de projetos e sonhos

Realizar sonhos é um dos principais objetivos ao investir. Ao ter um planejamento financeiro, é possível definir metas para atingir seus sonhos e objetivos a curto, médio e longo prazo. E os investimentos ajudam nisso.

Não importa quanto você ganha por mês, comece investindo pouco e, gradativamente, aumente e conquiste seus objetivos de forma mais rápida e sem precisar recorrer a linhas de crédito com juros altos e que podem te levar ao endividamento.

 

Como devo investir?

Para começar a investir procure instituições financeiras renomadas e que ofereçam os investimentos que você deseja aplicar o seu dinheiro. Algumas dessas organizações são bancos, financeiras e corretoras de valores.

A maioria dessas instituições possuem diversas opções para investir, para investidor iniciante a avançado, com perfil conservador, moderado ou agressivo.

 

Quais os melhores investimentos atualmente?

Atualmente existem diversos tipos de investimentos que são boas opções para ter bons rendimentos, dependendo dos seus objetivos, perfil e valor que pode investir.

Atualmente alguns dos melhores investimentos são:

Ações: para investir em ações, é essencial ter noções sobre educação financeira, mercado financeiro e as empresas que oferecem as ações. Entretanto, o esforço vale a pena, afinal, as ações oferecem uma gama de possibilidades e boa rentabilidade.

Tesouro Direto: programa criado pelo governo, as aplicações em títulos do Tesouro podem ser feitas por qualquer pessoa com CPF e o acesso aos títulos é online e pode ser realizado por meio de bancos e corretoras. É ideal para quem está começando a investir, pois as aplicações variam entre R$30,00 a R$50,00.

CDBs: o Certificado de Depósito Bancário (CDB) é uma espécie de empréstimo que o investidor faz ao banco, que devolve o valor com juros. Uma dica é escolher opções que oferecem de 100% a 200% do CDI.

O CDB é uma boa opção para investir com baixo risco, pois além de ser um investimento considerado seguro, ele ainda tem a proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC), que pode ser utilizado em caso de falência da instituição. O valor da garantia é de até R$ 250 mil por pessoa física.

Fundos Imobiliários (FIIs): esse investimento permite que o investidor tenha cotas de imóveis, ou seja, ao invés de comprar um imóvel, ele possui uma porcentagem da propriedade e obtém lucro com isso.

Investir em fundos imobiliários é indicado para quem deseja ter uma renda extra mensal, pois é possível receber os dividendos todos os meses dos aluguéis desses imóveis. Contudo, para ter valores expressivos, é necessário ter uma boa quantidade de contas.

Fundos de renda fixa: uma das modalidades preferidas ao investir, os fundos de renda fixa oferecem opções seguras ao investidor, alguns dos mais realizados são:

  • CDBs
  • Debêntures
  • LCI/LCA
  • Títulos públicos

O que é preciso fazer antes de investir?

Antes de investir,você precisa conhecer um pouco mais sobre o mercado de investimentos e educação financeira.

Após isso, procure instituições e especialistas em investimentos que possam te orientar para escolher os melhores ativos para investir, conforme o seu perfil e objetivos.

 

1. Objetivos iniciais

Para começar a investir, defina os seus objetivos iniciais a curto, médio e longo prazo. Esses objetivos podem ser desde realizar uma viagem nas férias, ter uma boa reserva financeira para emergências e até sua aposentadoria.

Com o tempo, os seus objetivos podem mudar e você deve adequar seus investimentos e estratégias a essas mudanças.

 

2. Consigo fazer sozinho?

Investir sozinho até é possível, porém, sem conhecimento e com tantas opções no mercado financeiro, é possível perder dinheiro ou não aproveitar todas as oportunidades que os investimentos oferecem.

Por isso, o recomendado é contar com a ajuda de instituições e profissionais especializados em investimentos e que podem te auxiliar de forma assertiva.

 

3. A quem pedir ajuda?

Se você quer começar a investir, o ideal é contar com ajuda de um especialista em investimento. Esse profissional é o mais capacitado para avaliar o seu perfil de investidor, alinhar os seus objetivos e expectativas e mostrar as opções e perspectivas oferecidas pelos investimentos.

Dessa forma, você consegue ter mais confiança e foco para iniciar seus investimentos, além de segurança para investir em ativos que realmente estão de acordo com o seu perfil e objetivos, permitindo que você conquiste sonhos, bens e maior tranquilidade ao longo da vida.

 

Qual o melhor investimento?

O melhor investimento varia de acordo com o perfil do investidor e seus objetivos. Assim, não há um investimento melhor ou pior, o ideal é conhecer cada um deles e, conforme for investindo e ganhando prática no mercado financeiro, aumentar seus investimentos e diversificar sua carteira de ativos.

Inicie com investimentos que ofereçam menor risco e, ao ganhar confiança e conhecimento, você pode, se quiser, diversificar em ativos mais arriscados, porém que oferecem maior rentabilidade.

 

Conclusão

Agora que você já entendeu as razões pelas quais investir é uma boa decisão, como iniciar e alguns dos investimentos disponíveis, não deixe de fazer seus investimentos, mas sempre escolha instituições e ativos com credibilidade no mercado financeiro.