Previdência privada e saúde financeira: entenda a relação

Previdência privada e saúde financeira: entenda como e porquê esses tópicos trabalham melhor juntos!

Previdência privada e saúde financeira

Para muitas pessoas, a relação entre a previdência privada corporativa e a saúde financeira ainda é um mistério, mas é fato que, quando devidamente alinhadas, trabalham em sintonia e podem ser uma excelente estratégia para quem planeja a aposentadoria.

E, se você ainda não está familiarizado(a) com o conceito de “saúde financeira”, pode ser que o tema se torne ainda mais confuso.

Por mais que este já seja um tópico bastante discutido, ainda há uma certa necessidade em realmente destrinchar o assunto.

E, considerando a importância do investimento previdenciário a médio e longo prazo para o universo corporativo, certamente é um ponto a se atentar.

Por isso, é necessário que o empreendedor se mantenha devidamente informado acerca daquilo que será ou não proveitoso para a sua saúde financeira e saiba como mantê-la saudável, evitando dívidas e tendo uma vida mais tranquila.

O que é saúde financeira?


Diferentemente daquilo que a maior parte das pessoas imaginam, a saúde financeira não apresenta o mesmo significado da educação financeira.

Esse tópico aborda de maneira um pouco mais bruta toda a movimentação financeira da empresa, contando com entradas, saídas, dívidas, sobras e o que mais houver.

Com uma boa saúde financeira, você antecipa possíveis imprevistos e leva a vida com muito mais tranquilidade.

Ou seja: é necessário planejar suas finanças para que supram todas as necessidades fixas, mas sem deixar de lado as possíveis adversidades com as quais você pode se deparar.

Quais os benefícios da previdência privada?


Se você deseja investir de forma simples, pensando principalmente no seu bem-estar financeiro a longo prazo, uma das melhores opções é a previdência privada.

Além de oferecer benefícios diferentes em relação à aposentadoria pública, com ela você terá um maior controle sobre o seu dinheiro, definindo de forma mais precisa o tempo de resgate, por exemplo.

Confira alguns benefícios da previdência privada:

1- Isenção de encargos trabalhistas


A previdência privada não cobrará encargos trabalhistas, já que não será descontada do seu salário e será paga “por fora”.

Para quem deseja controlar gastos baixos mas incômodos, este será um dos benefícios mais marcantes.

2- Mais flexibilidade


Na previdência privada corporativa, você terá um pouco mais de flexibilidade quanto ao saque do valor investido. Você pode sacar o valor total, uma quantia fixa mensal ou a renda de longo prazo.

Para quem se importa com essa liberdade maior quanto ao dinheiro investido na aposentadoria, pode ser interessante migrar para a previdência privada.

3- Estímulo à saúde financeira


Para a maior parte das pessoas, a dificuldade não está exatamente em alcançar a saúde financeira, mas sim em dar início à uma relação mais saudável com o dinheiro.

Ao dar o primeiro passo em relação a investimentos de longo prazo, você trabalha a sua visão financeira e passa a tratar suas finanças com mais responsabilidade e cautela.

Vale a pena oferecer o serviço de previdência privada em sua empresa?


Por meio de algumas pesquisas realizadas pela fintech Onze, foi possível identificar que 82% dos funcionários que contribuem na previdência privada estão mais satisfeitos com seus trabalhos.

Se quiser construir uma equipe mais motivada e produtiva, oferecer o benefício da previdência privada será um grande diferencial.

Ainda que venha a ser algo menos recorrente no mercado de trabalho, os profissionais que contam com esse benefício se mostram bastante satisfeitos.

Levando em consideração a imensa importância em manter os colaboradores de sua empresa mais felizes com a posição que ocupam, esse pode ser um investimento de amplo retorno.

A diminuição do estresse financeiro


Ao abordarmos o tópico de previdência privada, não podemos deixar de lado um problema muito recorrente dentre os trabalhadores: o estresse financeiro.

Isso consiste basicamente no receio de acabar enfrentando problemas financeiros a longo prazo, o que, por muitas vezes, faz com que os profissionais acabem ficando confusos sobre as formas de investimento.

De acordo com uma pesquisa da Onze, 71% dos trabalhadores brasileiros têm como principal preocupação a questão financeira, isso demonstra o tamanho da importância de diminuir o stress financeiro.

Além disso, ele pode ocasionar também alguns problemas de improdutividade no ambiente corporativo. De acordo com essa mesma pesquisa, 35% dos trabalhadores perdem o foco pensando nos problemas financeiros.

Desse modo, é correto afirmar que funcionários felizes desempenham seus trabalhos de maneira muito mais produtiva.

Um profissional que sabe que está vinculado à uma empresa empática, que mais do que apenas pagar pelo seu serviço, se importa com o seu bem-estar financeiro à longo prazo, pode espelhar bons resultados nas investidas de sua equipe.

Isso acontece por um motivo muito simples: profissionais felizes não querem perder a segurança de seus empregos, por isso tendem a entregar o melhor de seu serviço.

Quais aspectos devem ser trabalhados em paralelo ao investimento na previdência privada?


Para profissionais que desejam implementar novas formas de investimento em sua vida financeira, pode ser uma boa ideia variar os meios de retorno à longo prazo.

E, para as empresas que realmente se importam com a saúde financeira de seus colaboradores, é valioso ofertar palestras ou informações relacionadas ao assunto, já que por muitas vezes essas pessoas não têm a oportunidade de acesso a esse tipo de conteúdo em outros lugares.

Alguns meios de investimento para serem implementados em paralelo à previdência podem ser:

  • Investimento em banco com taxas de rendimento;
  • Renda passiva;
  • Investimento em startups e projetos de grande potencial.

Desde que o profissional ou a empresa se mantenham atualizados e busquem sempre por novidades no mundo financeiro, podem criar um laço muito mais tranquilo com suas finanças.

Devido à forma como a maior parte das pessoas foram ensinadas a lidar com dinheiro, passamos a enxergá-lo muito mais como um vilão do que como um companheiro

Tornar essa troca mais saudável te ajudará não apenas em sua vida profissional presente, mas também em sua tranquilidade futura no que diz respeito a sua vida financeira.

De fato, não é tão simples construir do zero a sua saúde financeira e entender o que isso representa, mas começar investindo na previdência privada representará um ótimo primeiro passo!
Postagem Anterior Próxima Postagem