Principais tipos de coleiras e guias para cães

Principais tipos de coleiras e guias para cães

Saiba quais são os tipos desses itens fundamentais para a segurança do seu pet.

Levar o cachorro para passear é algo divertido, mas pode se tornar um pesadelo se dois itens muito importantes não forem adequados: a coleira e a guia. A falta de guia pode fazer com que o cãozinho sofra acidentes ou se perca e a coleira errada pode machucá-lo. E ninguém quer que isso aconteça com seu amigo de quatro patas. 

Por isso, é importante saber que, entre os produtos de cachorro, a coleira e a guia são dois dos mais importantes ao lado de rações, tapetes higiênicos e brinquedos. Existem diversas opções disponíveis, que devem ser escolhidas de acordo com características físicas e o comportamento do animal. Por exemplo: cachorros mais agitados ou mais comportados devem usar tipos diferentes de coleiras e guias.

As 3 principais coleiras para cães são as seguintes:

Coleira tradicional

Coleira que vemos em cachorros de filmes e séries, a coleira tradicional é aquela que é passada em torno do pescoço do cachorro, onde geralmente é deixada uma plaquinha com informações referentes ao cão e seu dono. 

Discreta, a coleira tradicional possui diversas opções de cores e tamanhos, sendo adequada para cães de diversos portes e comportamentos, mas, principalmente, para aqueles mais calmos, que costumam obedecer ao dono na hora do passeio.

Coleira de cabresto

Não se assuste com o nome: a coleira de cabresto, quando bem colocada, não machuca ou causa estresse para o cachorro.

Confundida com a focinheira e a mordaça, a guia de cabresto — também chamada de Gentle Leader — consiste em uma coleira que se encaixa no focinho e na boca do cachorro e é utilizada para educar cães mais ansiosos, que puxam muito durante o passeio.

Apesar de poder ser usada em cachorros de todos os portes, é recomendável que a coleira cabresto seja usada principalmente em cães de médio e grande porte, pois esses podem ser um pouco mais difíceis de conter durante as caminhadas.

Coleira ou guia peitoral

Ideal para cães de pequeno porte, a coleira peitoral é aquela que envolve todo o peitoral do cachorro, como se fosse um colete, ajudando a preservar a região do pescoço.

Apesar de ser mais encontrada para cães menores, existem opções de coleira peitoral para cachorros médios e grandes. Os cães idosos e com dificuldade de locomoção, que precisam da orientação da pessoa que passeia com eles para seguir o caminho certo, costumam gostar muito deste modelo.

Já quando falamos sobre guias, o cordão que deve ser preso na coleira para guiar o cachorro, elas existem em diversos materiais, como couro e nylon, mas é comum classificá-las em duas categorias. São elas:

Guia para passeio

As guias para passeio não têm um comprimento padrão, podendo ser mais longas ou curtas, dependendo da necessidade do dono do cachorro. Elas são usadas para passeios durante o dia a dia e podem ser usadas por qualquer raça de cachorro.

No mercado, a maioria das guias para passeio disponíveis são feitas de nylon e podem ser encontradas em um grande número de cores e estampas diferentes que agradam todos os gostos.

Guia para treinamento

Com, no mínimo, 1,80m de comprimento, a guia para treinamento é adequada para cachorros que estão sendo adestrados e precisam executar exercícios e outros comandos. Por isso, é necessário que a guia tenha um bom comprimento, evitando que o cão se enrosque nas pernas do tutor.

Ao treinar cães para comandos à distância, o ideal é utilizar uma guia mais longa, para que se possa controlar os movimentos do cachorro mesmo à distância e evitar acidentes.

Follow my blog with Bloglovin