Quantidade de suor está aliada à perda de peso

Especialistas alertam que isso não pode ser parâmetro, apesar de ter ligação

Priorizar a saúde e manter uma dieta balanceada, aliada com a realização de atividades físicas regulares, é fundamental para ter uma boa qualidade de vida. E uma pesquisa realizada pela WW, junto do instituto Kantar, indica que 40% das pessoas querem iniciar a perda de peso. A ideia é melhorar a saúde física, mental, autoestima e confiança.

E quando o assunto é emagrecer, alguns podem se perguntar durante os treinos: suor é sinônimo de perda de peso? 

O que é transpirar?

Antes de tudo, é importante destacar que o suor é um líquido liberado pelas glândulas sudoríparas. Essa transpiração é um mecanismo do corpo para regular a temperatura corporal e para ajudar a eliminar as toxinas. Quando você está em um lugar bem quente, por exemplo, os fluidos são liberados com sais minerais e água, reduzindo o calor. 

Mas o efeito de suar depende de alguns fatores. Ele tem forte associação com os hormônios, e existem pessoas que transpiram mais do que as outras por causa de algumas diferenças individuais como quantidade, tamanho e nível de atividades das glândulas sudoríparas que são espalhadas pelo corpo. 

Educadores físicos relatam que os homens tendem a transpirar mais do que as mulheres. Assim como pessoas que têm mais gordura corporal do que aquelas que têm menos. Mesmo assim, se pegar duas pessoas do mesmo sexo, tamanho e nível de condicionamento, elas podem suar de maneiras diferentes. 

Treino pesado

Quando você termina a série de exercícios e suou bastante, pode achar que, devido à quantidade de transpiração, muitas calorias foram queimadas e, consequentemente, há influência na perda de peso. A lógica não é completamente errada. Os especialistas explicam que o catabolismo acontece durante um exercício físico. Esse processo resulta nas células que gastam o combustível do organismo com o objetivo de produzir mais energia, gerando mais calor. Consequentemente, o recurso corporal responsável por equilibrar a temperatura é acionado.

Mas suar mais não significa que você gastou mais ou menos calorias, gerando perda de peso. Existem atividades realizadas sem deixar uma gota de transpiração. É o caso da natação, levantamento de peso ou mesmo praticar exercícios no frio.

Cuidados necessários

Vimos que a quantidade de suor não pode ser parâmetro para você saber se gastou muitas calorias. Junto dos fluidos, o corpo humano perde eletrólitos importantes como sódio e potássio. Esses são componentes fundamentais para o equilíbrio celular.

É preciso ter cuidados com o peso corporal, pois se perder mais de 3% por conta da transpiração pode ser muito perigoso. Isso te coloca na zona da desidratação e, em casos mais graves, pode gerar insolação, problemas urinários e renais, além de convulsões e desmaios.

Qualquer pessoa está sujeita a ficar desidratada por causa do suor. Mas o risco é bem maior quando você realiza seus treinos em ambientes muito quentes ou úmidos. Os fluidos que são perdidos devem ser sempre repostos. Especialistas dizem que o ideal é beber uma boa quantidade antes de iniciar os exercícios, cerca de 500 ml. Durante as atividades, é recomendado beber de 150 a 300 ml a cada 15/20 minutos, e após todo o treino, ainda assim, é necessário ter uma boa hidratação para a recuperação do organismo. 

Acompanhamento com especialistas

Independentemente de qual seja o seu objetivo ao iniciar seu treino específico, procure especialistas. O ortopedista, por exemplo, irá checar se existe o risco de desenvolver lesões e também se é necessário trabalhar alguma região específica do corpo.

Se possível, procure um nutrólogo ou nutricionista para saber qual alimentação você deverá seguir. Em alguns casos, haverá a recomendação por suplementos nutricionais como creatina

Todo esse cuidado irá permitir que você atinja suas metas e, principalmente, consiga manter a boa saúde.

você pode gostar também

Este site usa cookies para melhorar sua experiência, você pode optar por não participar, se desejar. AceitarLeia mais