Golpes no WhatsApp

Golpes no WhatsApp: o que é, os golpes mais comuns e como se proteger

A tecnologia, principalmente no meio digital, vem sempre para facilitar a vida de todos. Mas infelizmente há sempre pessoas buscando se beneficiar dessas tecnologias para agir de má fé. Os famosos golpes na Internet têm sido cada vez mais comuns. E o uso do WhatsApp para isso não tem ficado de fora.

Os criminosos da web não poupam esforços e criatividades para aplicar golpes na população. E, infelizmente, muitas pessoas caem diariamente em golpes no WhatsApp. Tomar alguns cuidados, podem evitar que este tipo de situação aconteça com você.

Como, por exemplo, a instalação de um antivírus em seu smartphone, olhar atenciosamente links enviados antes de clicar, checar a identidade e veracidade das informações da pessoa ou empresa que esteja entrando em contato com você, entre outras ações.

Vamos falar agora dos golpes mais recentes que vêm sendo aplicados pelo WhatsApp e também em aplicativos modificados como o WhatsApp GB apk.

Golpes no WhatsApp: Clonagem do WhatsApp

A clonagem do WhatsApp se tornou um golpe muito popular. Mas, infelizmente, por falta de atenção muitas pessoas caem e com isso acabam perdendo seu número de WhatsApp, dentre outras consequências.

Confira: Cartão bloqueado por senha errada: o que fazer?

Por isso, fique atento! O golpe funciona da seguinte maneira: uma pessoa fala com você, geralmente, alguma promoção de produto ou serviço, sorteio, etc. ao longo da conversa ela pede seu nome completo e te fala que chegará um código por SMS para validar a participação. Passando esse código você permite com que o criminoso assuma sua conta de WhatsApp.

Geralmente, depois da posse da conta do app, o criminoso começa a pedir dinheiro para sua lista de contatos. Ou então busca outras maneiras para se beneficiar de seu nome para conseguir dinheiro.

Por isso, muito cuidado. Leia com atenção ao receber as mensagens e nunca repasse códigos, os quais você não tem certeza o que são.

Cuidado com as contas com quem conversa

Geralmente a clonagem citada no item anterior dá origem a outro golpe, que é o criminoso pedir dinheiro para familiares e amigos da vítima. Por isso, ao receber mensagens de empréstimo de dinheiro ou pagamento de contas, mesmo que de números conhecidos, cheque e tente entrar em contato com a pessoa conhecida. Você pode entrar em contato por ligação ou pessoalmente. E se achar algo suspeito, não responda ou bloqueie o número, até checar a verdade.

Golpes no WhatsApp: Links espiões

Cuidado com os links que recebe por WhatsApp, seja de contas pessoais ou que se dizem contas comerciais. Muitos destes links parecem notícias muito boas, como por exemplo, que você ganhou uma promoção, sorteio ou é uma grande oferta.

Além disso, se aproveitam de assuntos sérios e mais comentados, como FGTS, auxílio emergencial. Ou então utilizam o nome de outras empresas conhecidas para aplicar. Por isso sempre desconfie antes de clicar. Cheque a ortografia da escrita e se pareça um site comum.

Por meio destes links são enviados os phishings. Eles são os meios mais comuns para se conseguir informações dos usuários. No começo pode até parecer um site comum, mas a real intenção é roubar seus dados.

Além da atenção aos links, um antivírus também pode ajudar a bloquear esses tipos de links. Por isso vá até a loja de aplicativos de seu celular e procure um o quanto antes.

Cair em fake News também é um dos golpes no whatsApp

As chamadas Fake News (Notícias Falsas) são um problema recorrente em qualquer local da Internet. Mas o WhatsApp, com sua grande agilidade e eficiência ao enviar e receber mensagens, acabou sendo um dos maiores meios na divulgação de fake news.

Por isso, antes de sair compartilhando tudo que recebe pelos WhatsApp, cheque a informação, procure em sites confiáveis e evite a disseminação de informações falsas.

O WhatsApp inclusive para tentar frear este tipo de notícias correndo por aí fez algumas atualizações, como por exemplo, não poder encaminhar mais uma mensagem de uma vez só para mais de cinco pessoas. Além disso, mensagens muito compartilhadas recebem uma lupa para eu haja checagem dos fatos, por meio do Google.

É possível também a checagem dos fatos pelo botFakeCheck antes de compartilhar o link deste tipo de notícia.

Confira: Conheça os melhroes aplicativos para corredores